Boi: Volume de animais abatidos no Mato Grosso registra queda de 30% em setembro/21, aponta IMEA

Publicado em 26/10/2021 16:23 137 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O volume de animais abatidos no estado do Mato Grosso registrou uma queda de 30% em setembro frente ao mês de agosto, conforme apontou o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA). Esse cenário é reflexo da ausência da demanda chinesa pela carne bovina brasileira, em que as indústrias passaram a ofertar preços menores para arroba e os pecuaristas optaram por segurar os animais no cocho à espera da retomada dos embarques.  

A utilização real dos frigoríficos ficou em 60,9% em setembro frente ao mês de agosto, sendo o segundo menor resultado da série histórica, que teve início em 2010. “Sem a previsão de retorno das compras do mercado chinês, somado com a concentração de maior oferta dos animais confinados previstos para outubro, o cenário fica incerto sobre o destino que as indústrias darão para a carne já processada”, informou o instituto. 

Com os negócios em ritmo lento no mercado interno, o preço do boi gordo está cotado em R$ 252,20/@ e teve uma queda de 1,71% no comparativo semanal. No caso da vaca gorda, a referência está ao redor de R$ 242,44/@ e registrou uma  queda de 2,05% no comparativo com a semana passada. 

Diante desse cenário de pressão baixista no mercado pecuário, a relação de troca boi/ bezerro ficou comprometida e teve uma diminuição do indicador em 0,71%, ante semana passada.

Valor Bruto da Produção

De acordo com a 4ª estimativa do Valor Bruto da Produção (VBP) divulgado pelo Imea para o ano de 2021, a pecuária de corte exibiu share de 18,66% e a estimativa é de que o indicador some R$ 25,33 bi. “Na quantidade total, ficou atrás somente da soja, que contou com 48,73% do total do estado. No comparativo com o último resultado de 2020, o avanço observado foi de 31,77%”, destacou o IMEA em seu boletim semanal. 

Screenshot_19
Participação da pecuária no Valor Bruto da Produção no Mato Grosso | Fonte: IMEA

O bom desempenho da pecuária é reflexo do cenário de preços altos do boi gordo que foram observados ao longo deste ano, em decorrência da baixa disponibilidade de animais. A cotação média da arroba de jan.21 a set.21 registrou acréscimo de 37,78%, ante o mesmo período do ano anterior. Por outro lado, a produção estimada apresentou queda de 4,92%, diante dos resultados do menor volume de animais abatidos no Mato Grosso.

Confira o relatório completo AQUI

Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário