Cotação do bezerro registra queda de 1% em São Paulo, aponta Cepea

Publicado em 09/12/2021 10:56 133 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

No fechamento do indicador Cepea da última quarta-feira (08), a cotação bezerro no estado de São Paulo  registrou ligeira queda de 1,00% no comparativo diário e está cotado em R$ 2.835,00 por cabeça, sendo que na sessão da terça-feira estava precificado em R$ 2.863,50 por cabeça. 

Já o indicador para o Bezerro Esalq/B3 no Mato Grosso do Sul encerrou a sessão desta quarta-feira (08) com valorização de 0,49% e está precificado R$ 2.869,75 por cabeça. 

Segundo as informações da Scot Consultoria, o preço do bezerro de 12 meses com [email protected] em São Paulo segue estável e cotado em R$ 2.620,00 por cabeça se comparado ao dia anterior. Na região de Goiás, o preço do macho mestiço de 12 meses com [email protected] também seguiu com estabilidade em torno de  R$ 2.630,00 por cabeça, frente ao comparativo diário. 

No estado do Mato Grosso do Sul, a cotação do bezerro mestiço de 12 meses e com [email protected] permaneceu precificado em R$ 2.600,00 por cabeça. Já no Mato Grosso, o valor do animal de 12 meses de [email protected] está sendo negociado em R$ 2.750,00 por cabeça e segue com estabilidade. 

Novilha 

No aplicativo da Agrobrazil foi reportado negócio em Anaurilândia/MS para a novilha gorda ao redor de R$ 317,50/@, à prazo com quinze dias para pagar e com data para o abate em 16 de dezembro. 

Na região de Campo Grande/MS, a novilha magra foi comercializada próxima de R$ 2.600,00/@, à vista e com data para entrega em 09 de dezembro. 

Garrote

Das 15 praças acompanhadas pela Scot Consultoria, nove regiões registraram altas nos preços do garrote de 18 meses com 8,[email protected] frente ao observados no dia 01 de dezembro. No Mato Grosso, o garrote foi negociado a R$ 2.950,00 por cabeça e teve um incremento de 5,36%, frente a semana anterior que estava cotado em R$ 2.800,00 por cabeça. 

Em Minas Gerais, o animal teve uma alta de 3,08% e passou de R$ 3.250,00 por cabeça para R$ 3.350,00 por cabeça. No Paraná, o garrote de 18 meses e com 8,[email protected] registrou um ganho de 1,65% e ficou cotado em R$ 3.080,00 por cabeça, ante a semana anterior que estava ao redor de R$ 3.030,00 por cabeça. 

No Pará, o animal teve uma valorização de 2,80% no comparativo semanal e passou de R$ 2.500,00 por cabeça para 2.570,00 por cabeça. Já em Rondônia, o garrote está sendo comercializado em torno de R$ 2.950,00 e teve uma alta de 2,79%, se comparado a semana passada, em que estava precificado em R$ 2.870,00 por cabeça. 

No estado do Tocantins, o garrote teve uma valorização de 5,36% no comparativo semanal, em que estava cotado em R$ 2.610,00 por cabeça e agora está em torno de R$ 2.750,00 por cabeça. No Acre, os preços do garrote de 18 meses tiveram um ganho de 7,14% e está cotado ao redor de R$ 2.250,00 por cabeça, mas na semana passada está próximo de R$ 2.100,00 por cabeça. 

No Rio de Janeiro, as referências para o garrote ficaram próximas de R$ 3.100,00 por cabeça e teve um ganho de 5,08%, frente a semana passada que estava cotado em R$ 2.950,00 por cabeça. No estado da Bahia, foram reportados preços para o garrote de R$ 2.780,00 por cabeça e teve uma alta de 1,09%, sendo que na semana anterior estava ao redor de R$ 2.750,00 por cabeça. 

No estado do Rio Grande do Sul, a referência do garrote de 18 meses com 8,[email protected] registrou uma queda de 11,11% no comparativo semanal. Os preços do animal passaram de R$ 3.420,00 por cabeça e, agora estão sendo negociados em R$ 3.040,00 por cabeça. 

Em Santa Catarina, o garrote de 18 meses com 8,[email protected] teve uma queda de 6,80% no comparativo semanal, em que passou de R$ 3.420,00 por cabeça e está precificado em R$ 3.187,00 por cabeça.

Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário