Faturamento das exportações de carne bovina segue sendo o destaque de julho/22; receita deve encerrar o mês com 1 bilhão de dólares

Publicado em 25/07/2022 15:43 e atualizado em 26/07/2022 09:24
Expectativa é que o volume exportado de carne bovina feche o mês de julho em 160 a 180 mil toneladas

Logotipo Notícias Agrícolas

Nesta segunda-feira (25), a Secretária Secretaria de Comércio Exterior (Secex) reportou que o embarque de carne bovina fresca, refrigerada e congelada alcançou 129,6 mil toneladas na quarta semana de julho. No mesmo período do ano passado, o volume total exportado em Julho foi de 165 mil toneladas em 22 dias úteis. 

A média diária exportada ficou em 8,1 mil toneladas até a quarta semana de julho e registrou uma valorização de 7,7%, frente ao observado no mês de julho do ano passado, que ficou em 7,5 mil toneladas. 

De acordo com o analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, o destaque dessa semana segue sendo a receita com as exportações de carne bovina. “Apesar de ter observado uma pequena queda no volume embarcado, é um movimento de queda no volume normal pela comparação com julho de 2021 que foi um ótimo mês em termos de embarques”, comentou ao Notícias Agrícolas. 

Os preços médios em 16 dias úteis de julho deste ano ficaram próximos de US$ 6.617,60 mil por tonelada, na qual teve uma alta de 21,6% frente aos dados divulgados em julho de 2021, em que os preços médios registraram o valor médio de US$ 5.442,00 mil por tonelada. 

O valor negociado para o produto na quarta semana de julho ficou em US$ 858.101 milhões, tendo em vista que o preço comercializado durante o mês de julho do ano anterior foi de US$ 900.831 milhões. A média diária ficou em US$ 53.631 milhões e registrou uma valorização de 31,00%, frente ao observado no mês de julho do ano passado, que ficou em US$ 40.946  milhões.

Ainda segundo o analista, a expectativa é que o volume exportado de carne bovina encerre o mês de julho com 160 a 180 mil toneladas e arrecadação deve ficar próximo a 1 bilhão, assim como foi observado no mês anterior.

Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário