Café: Após realização de lucros, mercado perde patamar de US$ 2

Publicado em 06/03/2014 17:31 677 exibições

Após mais uma sessão volátil, o mercado do café arábica registrou quedas na Bolsa de Nova Iorque nesta quinta-feira (6), depois de ter subido 9% e atingido o patamar de US$ 2,00 ontem (5). Os contratos para entrega em maio fecharam em 195,55 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 685 pontos. Durante o dia, a variação para este vencimento foi de mais de 900 pontos. 

Segundo o analista de mercado Eduardo Carvalhaes, a queda se deve a um movimento de realização de lucros, depois de uma forte alta. “Este é um movimento até saudável, pois permite que o mercado dê uma respirada depois de tantas altas consecutivas”.

Carvalhaes explica que no semestre passado o mercado foi muito forçado para baixo e não conseguiu atingir preços mais razoáveis. Agora, o movimento é inverso.

Os vencimentos julho, setembro e dezembro também tiveram queda de 685 pontos. O contrato para entrega em julho fechou em 197,50 centavos de dólar por libra-peso, setembro fechou em 199,30 cents e dezembro ficou em 201,20 cents / lbra-peso. O vencimento dezembro teve variação de 800 pontos.   

Mercado de clima
Apesar da chegada das chuvas na maior parte das regiões produtoras de café em Minas Gerais, o mercado continua observando os prejuízos causados pela seca prolongada, que já reduziu o volume e a qualidade da safra brasileira de arábica. "As chuvas agora só poderão estancar as perdas, mas não irão reverter a situação", afirma Carvalhaes.  

No mercado físico, alguns negócios registraram queda, enquanto outros tiveram alta. A saca do café bebida dura, tipo 6, é negociada a R$ 430 em Poços de Caldas-MG, com queda de 2,27%. Já em Araguarí-MG, a saca é negociada a R$ 460, com alta de 2,22%. 

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário