Café: NY registra variação de mais de 600 pontos entre as máximas e mínimas

Publicado em 07/05/2014 10:18 e atualizado em 07/05/2014 12:27 488 exibições

O café arábica na Bolsa de Nova Iorque esboçou uma reação nas cotações no pregão desta quarta-feira(07) com Julho/2014 subindo até 525 pontos e o vencimento Setembro/2014 registrando ganhos de até 500 pontos em relação ao fechamento anterior, mas as altas não se consolidaram nesses patamares. Por volta das 12h20 (Brasília) o vencimento Julho/2014 subia apenas 75 pontos com negócios a 203,00 centavos de dólar por libra-peso e Setembro/2014 era negociado a 205,20 centavos de dólar por libra-peso com alta de 75 pontos. A volatilidade ainda está presente nos negócios e vale lembrar que cotações abaixo dos 200 centavos de dólar por libra-peso atrai compradores para o mercado, mostrando que o temor  em relação a menor oferta da safra brasileira ainda não foi superado.

Nesta última terça-feira(06) , o dia já foi marcado pela volatilidade, o mercado chegou até mesmo a ter ganhos, mas acabou fechando próximo das 
mínimas. Fatores técnicos predominaram, já que nos fundamentos segue o café sustentado pela menor oferta brasileira nas safras 2014 e 2015. E os analistas tem informado que as preocupações aumentam com fenômeno El Niño podendo provocar estiagem em países asiáticos e excesso de chuvas na América do Sul. Os contratos com entrega em julho/2014 fecharam a 202,25 centavos de  dólar por libra-peso, com queda de 300 pontos. Setembro fechou a 204,45 centavos, com baixa de 290 pontos.

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário