Lavouras do Sul de Minas Gerais podem abortar florada

Publicado em 12/09/2014 13:02 e atualizado em 12/09/2014 14:13 659 exibições

Algumas lavouras do Sul de Minas já apresentam floradas esporádicas da próxima safra (2015/16) mesmo com o déficit hídrico registrado na região. No entanto, precipitações ainda são necessárias para fixação da floração das plantas preocupando os cafeicultores que temem o “baixo pegamento”.

De acordo com levantamento da Procafé divulgado nesta quinta-feira (11), a próxima safra deve ter queda de 20% e o déficit hídrico está próximo do maior já registrada na história da cafeicultura na região, que aconteceu no ano de 2007 quando foram observadas ocorrências de flores anormais e abortamento superior a 80% do total de flores.

Segundo o engenheiro agrônomo e pesquisador da Prócafé, Alisson Fagundes, a principal florada do café no Sul de Minas deve começar nos próximos dias. No entanto, sem perspectiva de chuvas as flores podem não resistir. “Não temos perspectiva de chuva na região, a florada deve começar entre sábado e domingo. Porém, sem chuva acreditamos que o pegamento será péssimo”, afirma.

Segundo o cafeicultor, Francisco Miranda, as floradas em sua lavoura na cidade de Três Pontas-MG iniciaram de forma esporádica (veja fotos abaixo), nas plantas novas ou esqueletadas e florada de ponteiro. "Tivemos florada de capote em solos melhores. Mas a situação na região é crítica, na minha fazenda de janeiro até agora choveu 330 mm. No ano passado, nesse período tivemos precipitação de mais de mil milímetros", ressalta.

As informações das floradas no Brasil influenciam a Bolsa de Nova York nesta sexta-feira. Segundo o analista de mercado do Escritório Carvalhaes, Eduardo Carvalhaes, as floradas começam a acontecer e isso gera especulações no mercado. “As floradas aparecem conforme a precipitação de cada região. Daqui para frente até outubro deve ser assim e isso é um prato cheio para os especuladores”, diz.

 

Veja fotos da florada em Três Pontas-MG

 

Tags:
Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário