Café opera no vermelho em Nova York nesta 6ª feira

Publicado em 05/12/2014 09:50 e atualizado em 09/12/2014 14:27 140 exibições

As cotações do café arábica operam no campo negativo na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) nesta sexta-feira (5). Por volta das 12h01, o contrato dezembro/15 anotava 181,00 cents/lb com baixa de 55 pontos, o março/15 registrava queda de 150 pontos cotado a 180,95 cents/lb, o maio/15 anotava 183,50 cents/lb com recuo de 150 pontos e o julho/15 tinha 135 pontos negativos com 186,00 cents/lb.

Na sessão anterior, o mercado cafeeiro registrou leve queda com a questão cambial pesando sobre as cotações visto que as variáveis climáticas já foram precificadas pelos operadores em sessões anteriores e a real produtividade da safra 2015/16 só poderá ser confirmada em janeiro.

Na quinta-feira (4), o dólar fechou com alta de 1,29% ante o real nesta quinta-feira cotado a 2,5898 reais na venda, após o Banco Central sinalizar que pode desacelerar o ritmo do aperto monetário, enfraquecendo as expectativas de que juros mais altos no Brasil poderiam atrair mais recursos externos.

» Clique e veja as cotações completas de café.

Veja como fechou o mercado na quarta-feira:

Café: NY registra leve queda com alta do dólar; no mercado interno ano praticamente acabou

Por Jhonatas Simião

A Bolsa de Nova York (ICE Futures US) para o café arábica encerrou esta quinta-feira (4) com leve queda. O vencimento dezembro/14 registrou 181,55 cents de dólar por libra peso com queda de 100 pontos, o março/15 anotou 182,45 cents/lb com recuo de 120 pontos, o maio/15 teve 185,00 cents/lb e o vencimento julho/15 encerrou a sessão cotado a 187,35 cents/lb, ambos com baixa de 115 pontos.

De acordo com o analista de mercado do Escritório Carvalhaes, Eduardo Carvalhaes, na sessão de hoje o que pesou foi a questão cambial visto que as variáveis climáticas já foram precificadas pelos operadores em sessões anteriores e a real produtividade da safra 2015/16 só poderá ser confirmada em janeiro.

Com isso, as oscilações foram curtas na bolsa norte-americana. “Hoje foi um dia de movimento normal, os operadores estão aguardando notícias novas, as chuvas no cinturão produtivo já se normalizaram e o ano está terminando. Agora é preciso aguardar janeiro para saber como será o crescimento dos frutos”, explica o analista.

O dólar fechou com alta de 1,29% ante o real nesta quinta-feira cotado a 2,5898 reais na venda, após o Banco Central sinalizar que pode desacelerar o ritmo do aperto monetário, enfraquecendo as expectativas de que juros mais altos no Brasil poderiam atrair mais recursos externos.

Mercado interno

Segundo analistas ouvidos pelo Notícias Agrícolas, no lado interno o ano praticamente já acabou. Os preços não acompanham as oscilações externas e a variação é pontual nas praças de comercialização.

O tipo cereja descascado teve maior variação na cidade Poços de Caldas-MG, onde a saca está cotada a R$ 513,00 e teve queda de 2,84%. As cidades com maior valor de negociação foram Guaxupé-MG com saca valendo R$  560,00 e alta de 0,54% em relação ao dia anterior e  Franca-SP com queda de 1,75%.

O tipo 4/5 de café arábica também anotou maior valor na cidade de Guaxupé-MG com saca cotada a R$ 550,00 e variação positiva de 0,55%. O município que apresentou maior variação no dia foi Poços de Caldas-MG com baixa de 2,44% e saca está cotada a R$ 479,00.

O tipo 6 duro anotou maior valor em Guaxupé-MG com R$ 497,00 e valorização de 0,61%. A cidade com oscilação mais expressiva no dia foi Marília-SP com alta de 2,22% em relação ao dia anterior e a saca na localidade vale R$ 460,00.

Na quarta-feira (2), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 registrou alta de 1,64% e está cotado a R$ 466,75 a saca de 60 kg.

» Clique e veja as cotações do mercado interno nesta quinta-feira (4).

Tipo 4/5 da BM&F fecha com variação quase neutra

As cotações do café arábica tipo 4/5 encerraram a sessão de hoje com curtas oscilações na BM&F Bovespa. O vencimento dezembro/14 encerrou o dia estável com US$ 223,00 a saca de 60 kg, o março/15 anotou US$ 221,80 também sem oscilação em relação ao dia anterior e o vencimento setembro/15 fechou com queda de 0,54% cotado a US$ 230,00. Para o tipo 6/7 foi mais um dia sem negócios.

Liffe registra queda em Londres

As cotações do café robusta na Bolsa Internacional de Finanças e Futuros de Londres (Liffe) fecharam no negativo nesta quinta. O contrato janeiro/15 está cotado a US$ 2044,00 por tonelada com desvalorização de US$ 7, o março/15 teve US$ 2057,00 por tonelada e queda de US$ 6 e o maio/15 anotou US$ 2076,00 por tonelada com recuo de US$ 1.

Tags:
Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário