Café: Estoques dos EUA atingem em junho o maior volume desde 1994, apontam dados da GCA

Publicado em 17/07/2017 16:45 e atualizado em 17/07/2017 17:28
410 exibições

Os estoques de café verde dos Estados Unidos fecharam o mês de junho com alta de 180,42 mil sacas de 60 kg, totalizando 7,29 milhões de sacas. Esse é o maior número já registrado desde fevereiro de 1994, quando o volume armazenado pelo país foi de 7,62 milhões de sacas.

Os dados foram divulgados em relatório da GCA (Green Coffee Association) nesta segunda-feira (17) e mostram, segundo sites internacionais, a tranquilidade dos EUA com a oferta do grão. O país norte-americano é um dos principais importadores do café brasileiro.

A ED&F Man da Volcafe afirmou à agência de notícias Dow Jones Newswires que "os suprimentos do grão nos EUA continuam a ser volumosos...", já que renovaram a alta do mês anterior.

De acordo com dados do Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil), as exportações brasileiras do grão em junho totalizaram 2,05 milhões de sacas com um decréscimo de 16,3%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Já a receita cambial ficou em US$ 341,85 milhões.

No ano safra (2016/2017), os Estados Unidos mantiveram a liderança do consumo do café brasileiro com 6.431.043 sacas, correspondendo a 19,5% do total. Na sequência, a Alemanha aparece com 5.881.811 sacas, sendo 17,9%. A lista ainda conta com a Itália com 2.990.189 sacas (9,1%), Japão com 2.337.667 sacas (7,1%) e Bélgica com 1.957.223 (5,9%).

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário