Café arábica tem menor valor em mais de 5 anos no Brasil, aponta Cepea

Publicado em 27/03/2019 11:18
173 exibições

LOGO REUTERS

SÃO PAULO (Reuters) – A safra recorde de café do Brasil na última temporada e a perspectiva de uma grande produção na próxima colheita, que começa em mais algumas semanas, têm pressionado os valores externos da commodity e, consequentemente, os preços no mercado interno para os menores níveis em mais de cinco anos, no caso do arábica.

“Com as recentes e contínuas quedas nos preços, as médias mensais atuais são as mais baixas desde janeiro de 2014 para o arábica e de dezembro de 2013 para o robusta, em termos reais (valores deflacionados), afirmou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Segundo o Cepea, da Esalq/USP, essa situação mantém produtores retraídos no mercado, “negociando apenas quando necessário”.

Na parcial de março (até o dia 25), a média do Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, é de 396,16 reais/saca de 60 kg, queda de 14,7 por cento em relação a março, em termos reais.

Para o robusta, a média do Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima está em 303 reais/saca neste mês, baixa de 8,2 por cento quando comparada com a de março do ano passado.

Na semana passada, o arábica chegou a ser negociado abaixo dos 380 reais/saca e o robusta, dos 300 reais.

Tags:
Fonte: Reuters

0 comentário