Café: Cotações do arábica caem nesta tarde de 2ª em NY e ficam abaixo de 90 cents/lb

Publicado em 13/05/2019 12:37
277 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica operam com queda de cerca de 100 pontos nesta segunda-feira (13) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado recua de olho na oferta e câmbio depois de sessão no campo misto na última sexta-feira.

Às 12h35 (horário de Brasília), o vencimento julho/19 tinha queda de 100 pontos, a 89,80 cents/lb. Já o setembro/19 recuava 95 pontos, a 92,15 cents/lb e o dezembro/19 tinha desvalorização de 65 pontos, a 95,95 cents/lb.

O mercado do arábica estende perdas nesta segunda-feira acompanhando novas informações sobre a oferta e a valorização do dólar ante o real. Às 12h36, o dólar comercial subia 1,22%, cotado a R$ 3,992 na venda, acompanhando o exterior.

Operadores externos também seguem atentos com as informações da colheita do café no Brasil, que ocorre neste momento. "O mercado ainda está preocupado com grandes ofertas, especialmente do Brasil e a baixa demanda. O país está dominando o mercado...", destacou o vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville.

O mercado do café teve na sexta-feira uma divulgação importante. O Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil) reportou que em abril as exportações brasileiras totalizaram 2,9 milhões de sacas de 60 kg e receita de US$ 370,43 milhões.

"Conforme temos acompanhado desde o início do ano, tudo indica que esse ano-safra seja histórico, confirmando a eficiência com que o país atende à demanda e exigências de seus consumidores tanto no que se refere à qualidade quanto à sustentabilidade", disse Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 378,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 375,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Carlos Rodrigues -

    Gosto dessa conversa ..o Brasil esta dominando o mercado... claro que sim milhões de pequenos produtores a caminho da falência...pelos vistos ainda há produtor querendo vender a 70 centavos...

    0