Café arábica segue registrando baixas em Nova York e Londres opera com estabilidade nesta 6ª

Publicado em 22/01/2021 11:57 211 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica segue operando com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado vem desenhando um dia de realização de lucros após encerrar a última sessão com valorização após o primeiro levantamento da Conab ser divulgado. 

Por volta das 11h54 (horário de Brasília), março/21 tinha queda de 115 pontos, valendo 125,30 cents/lbp, maio/21 registrava baixa de 110 pontos, valendo 127,40 cents/lbp, julho/21 tinha baixa de 115 pontos, negociado por 129,25 cents/lbp e setembro/21 registrava baixa de 100 pontos, valendo 131,15 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, a sexta-feira continua sendo de estabilidade para o conilon. Março/21 tinha alta de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1325, maio/21 operava com ganho de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 1339, julho/21 registrava valorização de US$ 4 por tonelada, negociado por US$ 1354 e setembro/21 tinha alta de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 1372.

No mercado interno, segundo Eduardo Carvalhaes, o produtor segue agindo com cautela. "O volume de fechamentos continua abaixo do usual para as necessidades brasileiras de café para exportação e consumo interno", afirmou em sua última análise. 

Produção de café em Minas Gerais - Envio de Guy Carvalho
Produção de café em Minas Gerais - Envio de Guy Carvalho

Mercado Interno - Última sessão 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 1,54% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 660,00, Guaxupé/MG teve alta de 0,73%, negociado por R$ 687,00, Araguarí/MG registrou valorização de 1,52%, negociado por R$ 670,00, Varginha/MG teve alta de 1,49%, valendo R$ 680,00 e Campos Gerais/MG encerrou com valorização de 1,48%, estabelecendo o preço por R$ 687,00.
 
O tipo cereja descascado teve alta de 0,69% em Guaxupé/MG, valendo R$ 730,00, Poços de Caldas/MG, assim como Varginha/MG registrou valorização de 1,41%, valendo R$ 720,00. Campos Gerais/MG teve alta de 1,38%, estabelecendo os preços por R$ 737,00.

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário