Café: De olho no Brasil, Nova York abre o dia mantendo valorização nesta 6ª

Publicado em 23/04/2021 08:59 e atualizado em 23/04/2021 10:57 986 exibições
Em Londres, café conilon também sobe com ganhos acima de US$ 10 por tonelada

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta sexta-feira (23) mantendo altas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os preços do café seguem tendo apoio no baixo volume de chuvas nas principais áreas produtoras do Brasil, além disso, analistas afirmam que a partir de agora o mercado se torna ainda mais climático, considerando a aproximação das baixas temperaturas nas lavouras brasileiras. 

Por volta das 08h56 (horário de Brasília), julho/21 tinha alta de 200 pontos, negoviado por 138,15 cents/lbp, setembro/21 registrava valorização de 200 pontos, negociado por 140,05 cents/lbp, dezembro/21 tinha alta de 195 pontos, negociado por 142,40 cents/lbp e março/22 operava com valorização de 195 pontos, negociado por 144,35 cents/lbp. 

De acordo com o site internacional Barchart, a Somar Meteorologia informou na segunda-feira que as chuvas da semana passada em Minas Gerais, a maior região produtora de arábica do Brasil, mediram 6,1 mm, ou apenas 36% da média histórica.

Em Londres, após encerrar a última sessão com estabilidade, o café conilon também abriu o dia com valorização. Julho/21 registrava alta de US$ 12 por tonelada, negociado por US$ 1420, setembro/21 tinha valorização de US$ 12 por tonelada, valendo US$ 1436, novembro/21 tinha alta de US$ 12 por tonelada, valendo US$ 1453 e janeiro/22 registrava valorização de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1465.

Mercado interno - Última sessão 

No mercado físico, a última análise do Escritório Carvalhaes destacou que o mercado segue firme e comprador, mas que o produtor ainda trabalha com cautela. "Como temos repetido todos os dias, os negócios não saem em maior volume porque os preços oferecidos pelos compradores são recusados por muitos cafeicultores", destacou. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,70% em Patrocínio/MG, valendo R$ 710,00, Araguarí/MG registrou baixa de 2,60%, negociado por R$ 750,00, Varginha/MG teve baixa de 1,54%, estabelecendo os preços por R$ 765,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 768,00, Poços de Caldas/MG por R$ 730,00 e Franca/SP por R$ 770,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 1,25% em Varginha/MG, negociado por R$ 790,00, Patrocínio/MG teve baixa de 0,67%, valendo R$ 740,00, Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 810,00, Poços de Caldas/MG por R$ 775,00 e Campos Gerais/MG por R$ 832,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário