Café: Arábica recua mais de 200 pontos e Londres tem baixa de US$ 23 por tonelada

Publicado em 17/06/2021 12:10 358 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica segue operando com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 12h02 (horário de Brasília), setembro/21 tinha queda de 270 pontos, negociado por 152,75 cents/lbp, dezembro/21 registrava queda de 255 pontos, valendo 155,90 cents/lbp, março/22 registrava queda de 255 pontos, valendo 158,55 cents/lbp e maio/22 tinha baixa de 250 pontos, valendo 159,90 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon também registra desvalorização. Setembro/21 tinha baixa de US$ 23 por tonelada, valendo US$ 1606, novembro/21 registrava queda de US$ 23 por tonelada, negociado por US$ 1625 e janeiro/22 registrava queda de US$ 25 por tonelada, valendo US$ 1637.

Do lado negativo para os preços, as últimas chuvas registradas no parque cafeeiro têm pressionado as cotações. Aqui no Brasil, analistas afirmam que o cenário continua sendo de preços firmes. Com a colheita do Brasil acontecendo, a volatilidade nos preços também já é esperada pelo setor.

Do lado negativo para os preços, as últimas chuvas registradas no parque cafeeiro têm pressionado as cotações. Aqui no Brasil, analistas afirmam que o cenário continua sendo de preços firmes. Com a colheita do Brasil acontecendo, a volatilidade nos preços também já é esperada pelo setor. Ainda assim, analistas no Brasil destacam que o cenário segue sendo de preços firmes para o café. 

"As notícias a respeito dos fundamentos continuam apontando um quadro preocupante para o abastecimento do mercado de café, brasileiro e mundial. As torrefações no mercado interno brasileiro encontram sérias dificuldades para se abastecerem no ritmo normal", destaca Eduardo Carvalhaes. 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário