Café: De olho nos embarques do Vietnã, conilon mantém altas nestas 3ª feira

Publicado em 26/10/2021 09:05 458 exibições
Em Nova York, arábica acompanha e sobe mais de 100 pontos nesta manhã

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do cafér arábica abriu o pregão desta terça-feira (26) com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). As preocupações com a safra brasileira continuam no radar, apesar do retorno das chuvas nos últimos dias. 

"As chuvas que começaram a partir do início de outubro, caem em muito bom volume, são essenciais para evitar uma quebra ainda maior, mas não estancarão instantaneamente o ciclo de perdas, e muito menos recuperarão o que já foi perdido para a safra do próximo ano. Nosso parque cafeeiro está enfraquecido e em condições difíceis", destacou a última análise do Escritório Carvalhaes. 

Por volta das 09h02 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha alta de 200 pontos, valendo 204,55 cents/lbp, março/22 tinha valorização de 175 pontos, cotado a 206,90 cents/lbp, maio/22 tinha alta de 175 pontos, valendo 207,65 cents/lbp e julho/22 tinha valorização de 170 pontos, valendo 208,05 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon opera com valorização em um momento em que o setor tem preocupações com a oferta de café do Vietnã. Enfrentando os gargalos logísticos desde março, os problemas se agravaram nos últimos meses. 

Novembro/21 tinha alta de US$ 39 por tonelada, valendo US$ 2246, janeiro/22 tinha valorização de US$ 12 por tonelada, cotado a US$ 2207, março/22 tinha alta de US$ 12 por tonelada, valendo US$ 2145 e maio/22 tinha alta de US$ 9 por tonelada, valendo US$ 2114.

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário