Ibovespa opera em baixa, mas caminha para 3ª alta semanal seguida

Publicado em 28/01/2022 12:07 31 exibições

Logotipo Reuters

O principal índice da bolsa brasileira exibia queda nesta sexta-feira, após três altas seguidas e diante de nova sessão negativa em Wall Street.

O preço do petróleo em alta e o salto do minério de ferro na Ásia ajudavam o índice local, junto com a disparada da Braskem após oferta secundária de suas ações ser adiada. Do outro lado, papéis que tiveram altas fortes recentemente, como varejo e outros ligados ao consumo interno cediam.

Às 12h, o Ibovespa caía 0,57%, a 111.972,38 pontos. O volume financeiro era de 9 bilhões de reais.

O Ibovespa caminhava para sua terceira semana consecutiva de alta. Analistas destacam a entrada de fluxo estrangeiro, o avanço das commodities e atração a papéis descontados como alguns dos motivos para a performance positiva recente do índice.

Enquanto isso, as principais referências acionárias em Wall Street se aproximavam da quarta semana no negativo.

Os índices de ações em Nova York ainda reagiam nesta sexta-feira ao discurso mais duro do Federal Reserve em sua decisão de política monetária nesta semana, apesar dos ganhos da Apple após resultados. Dados de inflação também movimentavam o pregão.

O Fed indiciou alta de juros em março na quarta-feira e impulsionou apostas de cinco elevações nas taxas em 2022.

O desempenho do Ibovespa na semana vai na contramão até dos pares emergentes, que sinalizavam encerrar sua pior semana em cinco meses, segundo o índice MSCI para mercados emergentes.

No Brasil, a taxa de desemprego voltou a recuar no trimestre finalizado em novembro, indo a 11,6%, o nível mais baixo desde o início de 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O rendimento real habitual, porém, caiu sobre os três meses imediatamente anteriores e ante o mesmo período de 2020, diante de pressão inflacionária.

Investidores também digeriam dados de crédito divulgados pelo Banco Central, que mostraram avanço no saldo total em dezembro frente a novembro.

Além disso, o Ministério da Economia informou que o governo vai zerar gradualmente a incidência do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) em operações com moeda estrangeira até 2029, com o objetivo de acelerar a adesão do país à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

DESTAQUES

- BRASKEM PNA subia 7,8%, após alcançar alta de 10,8% mais cedo, depois que a Petrobras e a Novonor adiaram a oferta pública secundária de ações da companhia. A estatal citou níveis de demanda e preço não apropriados para a conclusão da transação.

- PETROBRAS PN subia 0,2% e ON a 0,5%, caía 0,1%. O preço do petróleo subia e caminha para sexto ganho semanal seguido, à medida que tensões geopolíticas seguem elevando preocupação com a oferta.

- MAGAZINE LUIZA ON tinha queda de 3,5%, interrompendo três sessões de alta. VIA ON caía 3,9% e AMERICANAS ON cedia 3,5%.

- GOL PN cedia 2,7% e AZUL PN recuava 2%. Os papéis também interrompiam três sessões de alta.

- VALE ON subia 0,9%. O preço do minério de ferro avançou mais de 7% em Dalian, na China. A alta foi impulsionada por expectativas de que uma flexibilização monetária intensificada da China estimularia a demanda, além de temores sobre perspectivas de oferta apertada.

- MÉLIUZ ON caía 0,4%, após avançar até 5,1% na abertura, com investidores reagindo à prévia operacional da empresa. As vendas brutas da Méliuz cresceram 77% no quarto trimestre de 2021 ante mesmo período do ano anterior.

- ITAÚ UNIBANCO PN subia 0,2%, assim como BANCO DO BRASIL ON, enquanto BRADESCO PN operava estável e SANTANDER BRASIL UNIT caía 1,5%, após divulgação de estatísticas de crédito no país.

- INTERMÉDICA ON subia 1,3% e HAPVIDA ON avançava 1,8%, após tombo da véspera por conta de leilão de ações de Intermédica.

- EMBRAER ON caía 2,6%, terceira queda seguida.

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário