Café: Safra da Colômbia deve ser de apenas 9 milhões de sacas

Publicado em 12/08/2011 13:59 e atualizado em 12/08/2011 14:57 768 exibições
A Colômbia, segundo maior produtor mundial de café arábica, reduziu as estimativas para a produção do grão no país em cerca de 5,6% por conta das condições climáticas adversas registradas.

A safra deverá totalizar apenas 9 milhões de sacas , de acordo com o chefe da Federação Nacional dos Produtores de Café da Colômbia. Em maio, a previsão era de 9,5 milhões de sacas. Em julho, a produção colombiana recuou para 530 mil sacas ante as 787 mil sacas produzidas no mesmo período do ano anterior.

O que provocou essa expressiva quebra na safra da Colômbia foram as tempestades que atingiram o país e acabaram prejudicando a recuperação da produção frente a baixa de 2009, uma das mais sérias da nação.

De acordo com o chefe da Federação Nacional de Produtores, Luis Munoz, os estoques colombianos são suficientes para atender a demanda de dois meses de consumo, fato que deve servir como suporte para manter os preços do café acima das US$ 2 por libra-peso.

Ainda segundo Munoz, as recorrentes preocupações sobre o desenvolvimento da economia dos Estados Unidos não atingiu ou comprometeu o consumo.

Assim como a produção, as exportações de café da Colômbia também foram reduzidas. Em julho, as vendas declinaram 25% em relação ao mesmo mês do ano passado e passaram de 612 mil para 458 mil sacas. Os dados de embarque incluem café verde, solúvel, torrado e outros tipos.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário