Desempenho exportador das carnes na terceira semana de 2019

Publicado em 21/01/2020 09:21
111 exibições

As exportações de carnes nos cinco dias úteis da terceira semana de janeiro (12 a 18) foram marcadas por fraquíssimos resultados – à primeira vista, um dos piores dos últimos tempos. Tanto que a receita cambial do período, analisada sob o prisma da média diária, recuou mais de 70% em relação ao que foi auferido na semana inicial do ano.

Porém, tal desempenho deve ser recebido com ressalvas. Em primeiro lugar, é pouco provável que a receita da primeira semana de janeiro tenha chegado aos US$148,2 milhões/dia: neste valor estão embutidos, com certeza, restos não contabilizados de 2019. Em segundo lugar, a baixa receita da segunda e terceira semanas do mês são típicas de todo mês de janeiro, nada têm de anormal.

De qualquer maneira, caíram significativamente as projeções efetuadas uma semana atrás. Em relação a dezembro passado, por exemplo, as três carnes sinalizam agora volume menor. E se a atual projeção se confirmar, os recuos serão de 5,5% para a carne suína, de 10% para a carne bovina e de quase 19% para a carne de frango.

Já em comparação a janeiro de 2019, mês também com 22 dias úteis, os aumentos devem se generalizar. O sinalizado no momento é algo em torno de 12% para a carne de frango, de 30% para a carne bovina e de, praticamente, 50% para a carne suína.

Tags:
Fonte: AviSite

0 comentário