Em nota, BRF desmente rumores de que a China estaria renegociando contratos de exportação de carnes

Publicado em 22/01/2020 16:21 e atualizado em 22/01/2020 18:02
3975 exibições

Em nota a BRF S.A. desmente rumores acerca de eventuais renegociações de contratos com o mercado chinês que circulam nesta quarta-feira. Segundo a empresa, a informação não procede em relação aos contratos firmados entre a Companhia e suas contrapartes.

De acordo com reportagem do jornal "Valor Econômico" desta quarta-feira (22), os chineses estão impondo descontos de 30% sobre o valor da carne sul-americana, afetando a rentabilidade das companhias.

A reportagem afirma que, desde dezembro, os importadores impuseram descontos de pelo menos US$ 1 mil por tonelada sobre cargas que já estavam no mar e até mesmo nos portos do país. Há relatos de pedidos de US$ 2,5 mil, deságio significativo.

As ações dos principais frigoríficos brasileiros na B3, a bolsa de valores de São Paulo, estão em queda nesta quarta-feira (22).

Os papéis de JBS e Marfrig lideravam as perdas do Ibovespa, tendo suas negociações suspensas mais de uma vez após oscilação acima do permitido. Às 14 horas, JBS ON caía 2,53% e Marfrig ON tinha baixa de 4,86%. Já BRF ON, outro grande do setor, reverteu a perda da manhã subindo 0,11%.

Leia a íntegra da nota: 

COMUNICADO AO MERCADO

A BRF S.A. (“BRF” ou “Companhia”) (B3: BRFS3; NYSE: BRFS) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, face os rumores acerca de eventuais renegociações de contratos com o mercado chinês que circulam nesta data, a informação não procede em relação aos contratos firmados entre a Companhia e suas contrapartes.

A Companhia desenvolveu e mantém sólido relacionamento comercial com os principais clientes no mercado chinês ao longo dos últimos 10 anos, envidando todos os esforços para atendimento da demanda chinesa por proteínas, bem como sustentando um relacionamento equilibrado e de longo prazo.

A BRF manterá o mercado e seus acionistas devidamente informados acerca de qualquer nova informação em relação ao presente comunicado.

São Paulo, 22 de janeiro de 2020 

Tags:
Por: BRF
Fonte: Assessoria de Comunicação

1 comentário

  • Ricardo Santos

    Sobre rumores de que a China estaria renegociando contratos de exportação de carnes, digo que isso não passa de manipulação pura..., esse jornal Valor Econômico faz uma reportagem tendenciosa e sem NENHUMA verdade em seu conteúdo, para manipular preços... Ridícula a afirmação de que os chineses teriam "imposto" reduções nos pagamentos, coisa que não faz nenhum sentido..., só se os chineses fossem loucos e os frigoríficos idiotas. Mas os pobres sardinhas caem igual patos.

    0