Desempenho exportador das carnes na terceira semana de fevereiro

Publicado em 28/02/2020 09:13
247 exibições

Demonstrando que as exportações brasileiras de carnes caminham normalmente, os dados da SECEX/ME para a terceira semana de fevereiro (16 a 22, cinco dias úteis) revelam desempenho melhor que o da semana anterior. Eventualmente, só não foram melhores que os da primeira semana porque nesta última se encontram embutidos, provavelmente, restos não contabilizados do mês anterior.

Com tal comportamento, a média diária alcançada nos primeiros 15 dias úteis do mês, de pouco mais de US$68 milhões, apresenta incremento de 13,5% em relação a janeiro passado e de, praticamente, 20% sobre fevereiro de 2019.

No tocante aos volumes embarcados os resultados são igualmente auspiciosos. Pois, faltando apenas três dias úteis para o fechamento do mês, a carne suína (cujo volume total pode superar as 57 mil toneladas) sinaliza incremento anual de 25%. É verdade, aqui, que comparativamente ao mês anterior pode ocorrer redução da ordem de 3%. Não custa lembrar, porém, que janeiro passado teve quatro dias úteis a mais que fevereiro corrente.

A carne de frango, por seu turno, projeta no momento embarque mensal ligeiramente superior a 312 mil toneladas, o que – se ocorrer – vai significar aumento de 3,5% sobre o mês anterior e de quase 8% sobre fevereiro de 2019. Neste caso, esse será, também, o melhor fevereiro das exportações de carne de frango in natura.

Pelo menos por ora, a única carne a sinalizar resultados negativos no mês é a bovina. Pois o total previsto, próximo de 106 mil toneladas, irá significar recuos de 9,45% e de 8,21% sobre, respectivamente, janeiro de 2020 e fevereiro de 2019.

Tags:
Fonte:
AviSite

0 comentário