Marfrig, JBS e BRF têm frigorificos na lista de habilitadas pelo Egito

Publicado em 09/04/2020 16:23 e atualizado em 11/04/2020 07:18 3739 exibições

LOGO estadao

O Egito anunciou ontem a habilitação de 42 frigoríficos brasileiros para exportação de carne bovina e de frango. Foram autorizados 27 novos frigoríficos de carne de frango e 15 de carne bovina. O país também renovou a licença de outras 13 unidades exportadoras de frango e 82 de carne bovina, com dispensa de realização de missão in loco.

Na lista dos 15 novos frigoríficos de carne bovina autorizados há um da Marfrig, em Várzea Grande (MT); dois da JBS, um em Rio Branco (AC) e outro em Porto Velho (RO); um da FBZ Comércio de Carnes, de Cidade Ocidental (GO); dois do Golden Imex, sendo um em Santa Fé do Sul (SP) e outro em Juruena (MT); um do Frigorífico Pantanal, em Várzea Grande (MT); Frigorífico Argus, em Cruzeiro do Oeste (PR); Frigoestrela, em Rondonópolis (MT); Kadão Alimentos, em Caçu (GO); Better Beef, em Rancharia (SP); Frisa - Frigorífico Rio, em Doce Nanuque (MG); Boibrás, em São Gabriel do Oeste (MS); Ativo Alimentos, em Castanhal (PA) e Frigorífico Nordeste Alimentos, em Teixeira de Freitas (BA).

Na lista das 27 novas unidades de aves habilitadas a vender ao Egito estão duas da JBS Aves, em Garibaldi (RS) e em Caarapó (MS); duas da Seara Alimentos, sendo uma em Passos (MG) e outra em Itaiópolis (SC); duas da BRF, sendo uma em Lajeado (RS) e uma em Jataí (GO); duas da Vibra Agroindustrial, sendo uma em Sete Lagoas (MG) e outra em Pato Branco (PR); duas da Santa Izabel Alimentos, sendo em Aguiarnópolis (TO) e Santa Izabel do Pará (PA); uma da Aurora, em Guatambu (SC); duas da Lar Cooperativa Agroindustrial, situadas em Matelândia (PR) e em Cascavel (PR); uma da Somave Agroindustrial, em Cidade Gaúcha (PR); da Mais Frango, em Miraguaí (RS); da Frangos Pioneiro, em Joaquim Távora (PR); Agrodanieli Indústria e Comércio, em Tapejara (RS); GTB Empreendimentos, em Ipuaçu (SC); Carrer Alimentos, em Farroupilha (RS); Dip Frangos, em Capanema (PR); União Avicola Agroindustrial, em Nova Marilândia (MT); Jaguafrangos, em Jaguapitã ( PR); C. Vale, em Palotina (PR); Bello Alimentos, em Itaquiraí (MS); Vila Germânia, em Indaial (SC); e Granjeiro Alimentos, em Rolândia (PR).

Tags:
Fonte:
Agência Estado

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Rafael Antonio Tauffer Passo Fundo - RS

    Quando a fome aperta não precisa de vistoria e várias outras exigências que, na verdade, só servem para tentar baixar o preço da carne.

    1