Exportação: entre as três carnes, apenas a de frango registra queda de preço em 2020

Publicado em 13/04/2020 08:21 211 exibições

Dados compilados pelo MAPA junto à SECEX/ME indicam que apenas a carne de frango completou o primeiro trimestre de 2020 com preços negativos em relação a idêntico período do ano passado. Assim, enquanto o preço da carne bovina valorizou-se quase 20% e o da carne suína superou os 23%, o da carne de frango retrocedeu quase 3%.

Mas o recuo do frango limitou-se ao preço. Pois o volume exportado no trimestre aumentou mais de 9% e gerou receita cambial 6,35% maior. De toda forma, o incremento das carnes suína e bovina continua sendo muito mais significativo.

É verdade que, em termos de volume, a carne bovina foi a que registrou o menor aumento: apenas 2% a mais. Mas a valorização de 19,37% no preço médio garantiu a geração de uma receita cambial 21,78% superior à do primeiro trimestre do ano passado.

Melhor ainda, porém, para a carne suína: o volume exportado foi quase um terço maior. O que, combinado a um preço médio quase um quarto superior redundou em uma receita cambial perto de dois terços (63,33%) maior que a de um ano atrás.

Ainda assim, a contribuição da carne suína para a receita cambial das carnes exportadas pelo País se encontra abaixo dos 12% do total. A da carne de frango representou 40% e a da carne bovina 45,42%. Juntas, essas três carnes representam cerca de 97,5% da receita cambial total das carnes.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário