Desempenho exportador das carnes nas três primeiras semanas de outubro

Publicado em 20/10/2020 08:09 250 exibições

Comparativamente ao registrado no primeiro decêndio de outubro, as carnes fecharam a terceira semana do mês com ligeiro retrocesso no desempenho. Nada, porém, que alterasse as projeções então levantadas – de ligeira redução nos embarques de carne de frango e de aumento ligeiro para a carne bovina e significativo para a carne suína.

Em suma, pela média diária os embarques de carne de frango aumentaram 3%, os de carne bovina 6% e os de carne suína quase 52%. Mas o mês tem 21 dias úteis, pelos cálculos da SECEX/ME um a menos que outubro/19. Assim, as três carnes apresentam as seguintes tendências:

- De frango: total de 329,1 mil toneladas, redução de 1,64%. Já embarcadas 172,4 mil toneladas;

- Bovina: ao redor de 172,6 mil toneladas, aumento de 1,22%. Já embarcadas 90,4 mil toneladas;

- Suína: total de 90,6 mil toneladas, aumento próximo de 45%. Em 11 dias, embarques ligeiramente aquém de 47,5 mil toneladas.

No tocante à receita cambial, a carne de frango permanece, praticamente, com o mesmo nível de redução observado na previsão anterior, de cerca de 16%. Já a carne bovina, cuja redução de receita não passava de meio por cento, agora sinaliza queda de receita próxima de 4,5%.

Dessa forma, permanece fora desse estigma apenas a carne suína, seus resultados atuais projetando aumento anual de receita da ordem de 44%.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário