Desempenho exportador das carnes em dezembro de 2020

Publicado em 05/01/2021 08:02

O mês de encerramento da segunda década do século XXI não foi muito favorável às exportações brasileiras de carnes. Pois ainda que os embarques de carne suína tenham registrado aumento anual de quase 10%, o recuo das carnes de frango (-3,78%) e bovina (-4,20%) fez com que o total embarcado no mês recuasse 2,37%.

No tocante ao preço médio, nenhuma das três carnes escapou da redução. A mais expressiva foi a da carne de frango (-12,69%), vindo a seguir a carne bovina (quase 10% de queda) e, por fim, a carne suína (redução próxima de 7%).

Tudo isso, naturalmente, afetou a receita cambial. E, novamente, a “liderança” na queda foi da carne de frango (-16%), seguida pela carne bovina, cuja receita cambial no mês recuou 13,71%. Salvou-se a carne suína, com aumento de 1,93% na receita cambial. Mas isto não influenciou a receita global das três carnes, que recuou 12,83%.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário