Lucro da Marfrig mais que dobra no 3º tri para R$1,67 bi com operação América do Norte

Publicado em 27/10/2021 07:36 84 exibições

Logotipo Reuters

A Marfrig Global Foods reportou lucro líquido de 1,67 bilhão de reais no terceiro trimestre, uma expressiva alta de 148,7% ante o mesmo período do ano passado, em meio a fortes resultados da operação da empresa na América do Norte, conforme balanço divulgado nesta terça-feira.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou 4,73 bilhões de reais no período, com salto de 115,6% no ano a ano, sendo que 95% do valor se deve ao Ebitda da unidade norte-americana que compensaram adversidades no Brasil.

A Operação América do Norte --liderada pela National Beef-- registrou novos recordes de resultados, beneficiada pela recomposição dos estoques da cadeia de food-service, o cenário econômico ainda impulsionado pelos estímulos financeiros do governo federal e pela sazonalidade do período.

Segundo o CEO da unidade norte-americana, Tim Klein, o terceiro trimestre é historicamente o mais forte na região.

Em 2021, porém, além de aumentar o volume de vendas no período, a companhia também foi beneficiada por um incremento de preços nos Estados Unidos e nos mercados internacionais.

"Os fundamentos da indústria permanecem a nosso favor, temos um amplo abastecimento de gado... No quarto trimestre teremos oferta parecida com a do terceiro. Não vamos ter a mesma margem Ebitda do terceiro trimestre, mas vai continuar muito forte", disse ele a jornalistas.

Depois de alcançar 26,8% no terceiro trimestre, a expectativa de Klein é que a margem Ebitda da empresa na América do Norte se mantenha ao menos em dois dígitos no quarto trimestre deste ano.  

A importância da unidade também aparece na receita líquida da Marfrig, que totalizou 23,6 bilhões de reais no trimestre, crescimento de 40,4% na comparação anual, sendo 71% provenientes da América do Norte.

O mercado doméstico dos Estados Unidos segue como maior consumidor dos produtos oferecidos pela unidade americana, com uma fatia de 88%. Entre os compradores internacionais, Japão e Coreia do Sul geraram 62% das receitas de exportação da National Beef.

Neste contexto, o fluxo de caixa livre gerado pela Marfrig foi de 3,770 bilhões de reais no trimestre. Além disso, foram pagos 958,4 milhões de reais em dividendos para todos os acionistas da Marfrig (equivalente a cerca de 1,40 real/ação), e 784 milhões reais a minoritários da National Beef.

O índice de alavancagem, medido pela relação entre dívida liquida e Ebitda ajustado, ficou em 1,10 vez em reais ou 0,35 vez inferior ao índice medido no trimestre anterior, o menor nível histórico da companhia.

AMÉRICA DO SUL

O CEO da Operação América do Sul da Marfrig, Miguel Gularte, disse que a companhia tem conseguido cumprir os contratos de exportação que haviam sido fechados entre Brasil e China por meio de embarques saindo das unidades na Argentina e Uruguai, visto que a venda da carne bovina brasileira segue suspensa pelos chineses devido a dois casos atípicos da doença "mal da vaca louca".

"Estamos esperando a resposta das autoridades (sobre o embargo)... Na Operação América do Sul, até mesmo no caso da Ásia, temos uma situação que permanece sobre controle", disse.

Ele disse que, enquanto isso, a companhia tem se beneficiado também de investimentos recentes no segmento de produtos industrializados, cujo consumo interno pode ter incremento até o quarto trimestre.

Gularte ressaltou também que a Marfrig já conta com seis unidades brasileiras habilitadas para exportar aos Estados Unidos, e até o fim do ano a expectativa é que mais duas sejam aprovadas para embarcar carne bovina ao país.

Na América do Sul, a Marfrig registrou receita líquida de 6,9 bilhões de reais no terceiro trimestre, um crescimento de 44,1% na comparação anual. Já o Ebitda ajustado da operação caiu 40,5%, para 301 milhões de reais.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário