HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Final de semana terá tempo firme no Centro-Sul e mais chuvas para o Matopiba

Publicado em 06/11/2020 09:52
Tendência é de retorno de chuvas no Centro-Oeste a partir de segunda-feira, dia 9

LOGO nalogo

O final de semana será de tempo seco para boa parte do país. Mantendo as condições dos últimos dias com chuvas apenas para o Norte e Nordeste, as previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) sinalizam o retorno das chuvas para o Centro-Sul do Brasil apenas a partir da próxima segunda-feira, dia 9.

Uma intensa massa de ar seco está em atuação em todo o Centro-Sul, enquanto chuvas mais expressivas são registradas nas regiões Norte e Nordeste. Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, áreas do Norte e Nordeste receberam chuvas acima de 30 mm nos últimos dias. A Bahia recebeu os maiores volumes, com precipitação de até 200 mm na região central do estado. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 3 dias: 

Últimos 3 dias - Inmet
Fonte: Inmet 

Para os próximos dois dias, o Inmet segue indicando chuvas volumosas em áreas do Matopiba. De acordo com o modelo, o centro-norte do Tocantins pode ter chuvas entre 20 e 40 mm. Os mesmos volumes são esperados para o sul do Maranhão e extremo sul do Piauí. Também são esperadas chuvas para o oeste da Bahia, com precipitação entre 20 e 30 mm. 

"Atenção para chuva moderada a forte, com raios e com rajadas de vento por vezes fortes no centro-norte do Amazonas, em Roraima, no centro-leste e sul do Amapá, no norte do Pará, no centro-norte do Maranhão, na faixa central do Piauí, no centro-leste da Bahia e norte de Minas Gerais", destacou a Climatempo. 

Ainda de acordo com a Climatempo, chuvas pontuais podem acontecer  a partir da tarde desta sexta-feira (6) sobre o norte de Mato Grosso, o norte de Goiás e o Distrito Federal. "Dia nublado e com risco de chuva forte no centro-oeste da Bahia, no sul do Piauí e do Maranhão, em Palmas e no centro-leste e norte do Tocantins, no centro-leste do Pará e na região de Santarém", complementa a previsão. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para os próximos dias: 

93 horas - Inmet - 0611
Fonte: Inmet 


 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Luiz Alfredo Viganó Marmeleiro - PR

    A região oeste de Santa Catarina está sofrendo prejuízos consideráveis! Estamos há muitos meses sem chuvas volumosas na região, faltando água na pecuária e na agricultura.

    0
    • Clécio Reiter Campo Erê - SC

      Complementando o comentário de Luiz Alfredo Viganó..., nessa época está complicado, e continuando o tempo seco assim, os prejuízos serão enormes!

      1
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      E não pense Sr. Viganó que é só ai... No sul do MT também está ruim de chuva. Já existem replantes, mas está diferente dos outros anos. Chuvas esparsas, boas chuvas até, só que desde 1 de novembro não choveu mais, são seis dias hoje e ontem começou o calor forte novamente. Muita soja plantada em terra úmida que ainda não saiu.

      1
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Hoje os preços e gráficos indicam possibilidade da soja ir até 12 dólares, em curto prazo... E é por causa da seca..., podem tentar camuflar o quanto quiserem mas as tradings e os traders sabem da verdade e acompanham a safra regionalmente..., se isso já era feito antes dos computadores, o que podemos esperar nos tempos atuais??, que os agentes de mercado não saibam da verdadeira condição da safra brasileira???... falem o que quiserem...o mercado está sempre certo.

      1