HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Chuvas avançam com volumes expressivos para o Brasil Central e Matopiba nesta 5ª feira

Publicado em 19/11/2020 10:35 e atualizado em 19/11/2020 12:06 2661 exibições
Segundo Inmet Minas Gerais e Goiás podem ter queda de granizo no período da tarde

LOGO nalogo

A frente fria que estava em atuação e passou rapidamente pelo sul do Brasil, avançou e a tendência para esta quarta-feira (19) é de chuvas volumosas para todo o Brasil Central e no Matopiba. De acordo com a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Goiás e Minas Gerais podem ocorrer queda de granizo no período da tarde.

Segundo a Climatempo, além da frente fria, uma área de baixa pressão reforça as áreas de instabilidade sobre o Sudeste do Brasil. "Além disso, a circulação ciclônica de ventos, em aproximadamente 5000 m de altitude, ajuda a formar mais nuvens carregadas sobre o Sudeste, o Sul e o Centro-oeste do país", complementa a previsão. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 
 

Falando em volumes, o modelo Cosmo do Inmet, mostra chuvas entre 20 e 30 mm em todo o estado de Minas Gerais, podendo chegar a 60 mm em áreas isoladas do leste mineiro. Ainda no Sudeste, são esperadas chuvas com até 30 mm de precipitação para o Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Já em São Paulo, a previsão indica condição de chuva para todo o estado, porém com os maiores volumes esperados para o extremo norte. "Também fica em alerta para temporais isolados na madrugada e manhã o centro norte e o sul do estado de São Paulo, além da região de Sorocaba e da Grande São Paulo", complementa a Climatempo.

Veja o mapa de previsão de precipitação para o Sudeste nas próximas 24 horas: 

 

Sudeste - 24 horas
Fonte: Inmet

 

A chuva também chega com mais intensidade para o Centro-Oeste. No norte do Mato Grosso os volumes podem chegar a 70 mm nas próximas 24 horas. Para as demais áreas do estado, a tendência é de chuva entre 20 e 30 mm. Em Goiás, a previsão indica chuva entre 20 e 30 mm em todo o estado. No Mato Grosso do Sul, o sistema passou rápido e o mapa já indica tempo estável para maior área do estado. 

O Inmet mantém, para as próximas 24 horas, o alerta laranja de chuvas intensas para o Mato Grosso, Goiás e Tocantins. "Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h). Risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas", afirma o comunicado. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para o Centro-Oeste nas próximas 24 horas: 
 

Centro-Oeste - 24 horas
Fonte: Inmet 

No Matopiba, as previsões indicam chances de chuvas para todas áreas produtoras da região. A tendência é de maiores volumes para o Piauí, com até 70 mm em algumas áreas. No Maranhão, os maiores volumes são esperados para o centro-sul, onde os acumulados também podem chegar a 70 mm. A tendência também é de chuva no oeste da Bahia, com acumulados entre 20 e 40 mm. Já no Tocantins, os volumes mais expressivos devem ser registrados no leste do estado, entre 20 e 40 mm. 

De acordo com a Climatempo, a tendência é de aumento de nuvens carregadas entre a Bahia, Maranhão e Piauí nos próximos dias. "Até o fim da semana estes estados estão sujeitos à bastante chuva. Há indicação de chuva volumosa também para o oeste de Pernambuco entre os dias 21 e 22 de novembro", afirma a previsão. 

Por volta do dia 20 de novembro, os ventos frios de uma massa de ar polar vão provocar queda de temperatura em áreas do Nordeste. Em média, as temperaturas máximas devem ficar entre 25°C e 28°C na maior parte da Bahia, Piauí e Maranhão. Já nas outras áreas nordestinas, temperaturas acima de 30°C ainda podem ser registradas. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para o Matopiba nas próximas 24 horas: 

Matopiba - 1911
Fonte: Inmet 


Já na região sul do Brasil, conforme indicavam as previsões, a passagem do sistema foi rápida e a tendência é de tempo estável ou chuvas com volumes baixos nesta quinta-feira. No Rio Grande do Sul, áreas de instabilidade aumentam chances de chuvas na região sul do estado, porém com volumes baixos.

Em Santa Catarina, as mesmas características poderão ser observadas na região leste do estado, com destaque para áreas do norte que podem ter chuvas de até 20 mm. Já para o Paraná, a tendência também é de áreas de instabilidade apenas para a região leste, também com chance de chuvas com volumes baixos, segundo o modelo Cosmo. 

Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, prevê que as temperaturas continuarão mais baixas na parte sul do Brasil, mas com chances de geadas pontuais e fracas apenas nas áreas serranas do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para o Sul nas próximas 24 horas: 

Sul 24 horas - Inmet 1911
Fonte: Inmet 

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, nos últimos três dias as chuvas mais volumosas foram registradas em áreas da parte Sul, Sudeste e Matopiba. 

No Rio Grande do Sul, os volumes mais altos foram registrados na parte leste do estado, entre 15 e 20 mm. Os mesmos volumes foram registrados em Santa Catarina e no Paraná. 

Já no Sudeste, choveu em todos os estados, com destaque para Minas Gerais que, segundo o Inmet, recebeu os maiores volumes - entre 25 e 30. São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo registrados volumes entre 20 e 25 mm. 

No Matopiba, conforme indicavam as previsões, os maiores volumes foram registrados no norte do Tocantins e sul do Maranhão, onde os acumulados chegaram a 80 mm nessa região. As demais áreas do Matopiba tiveram chuvas entre 20 e 30 mm. 

No Centro-Oeste, os modelos seguem mostrando chuvas irregulares. De acordo com o Inmet, algumas áreas do Mato Grosso recebeu volumes entre 20 e 25 mm. Goiás foi o estado que recebeu as chuvas mais abrangentes, com exceção da região sul, onde os volumes permaneceram baixos. No Mato Grosso do Sul não foram registradas chuvas expressivas nos últimos 3 dias. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 3 dias: 

Últimos três dias - Inmet - 1911
Fonte: Inmet 
 

Soja 20/21. Corbélia- PR. Envio Eng. Agr. Mariana Schecheli.
Soja 20/21. Corbélia- PR. Envio Eng. Agr. Mariana Schecheli
 

Lavoura de soja em Comodoro MT. Fazenda Campo Belo. Gerente Rodolfo Domingues Farias
Lavoura de soja em Comodoro MT. Fazenda Campo Belo. Gerente Rodolfo Domingues Farias​

 

Lavoura de soja em Comodoro MT. Fazenda Campo Belo. Gerente Rodolfo Domingues Farias
Lavoura de soja em Comodoro MT. Fazenda Campo Belo. Gerente Rodolfo Domingues Farias​

Envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário