HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Inmet: Chuvas começam a chegar no RS, mas faixa oeste de toda região sul do BR tem alerta de onda de calor

Publicado em 25/11/2020 10:22 e atualizado em 26/11/2020 03:26 5740 exibições
Previsão indica permanência de tempo seco para as demais áreas do país nos próximos dias

LOGO nalogo

As previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam que as chuvas voltam entre a tarde e noite desta quarta-feira (25) no Rio Grande do Sul. Uma frente fria em atuação no Uruguai vai aumentar as áreas de instabilidade, indicando chuvas com volumes significativos nos próximos dias para o estado. 

Segundo Heráclio Alves, a aproximação do sistema continua elevando as temperaturas em toda a região sul do Brasil, com destaque para o Rio Grande do Sul onde as máximas podem chegar a 39 graus nesta quarta-feira. O Inmet emitiu alerta de onda de calor válido até as 20h desta quarta-feira e para toda área oeste da região sul do Brasil. "Leve risco à saúde. Temperatura 5ºC acima da média por período de 02 até 03 dias", afirma o comunicado oficial. 

"As temperaturas continuam elevadas principalmente no centro-oeste do Rio Grande do Sul e a umidade relativa do ar também tende a ser baixa", comenta o especialista.  Falando em volumes, as primeiras chuvas serão observadas no oeste do estado, com precipitação entre 20 e 40 mm, sendo as chuvas mais expressivas a partir de quinta-feira (26). 

Veja o mapa de previsão de precipitação para o sul do Brasil: 

Chuvas no Sul 48h
Fonte: Inmet 

 

O modelo Cosmo indica ainda que a tendência é que o sistema avance para Santa Catarina, mas com chuvas volumosas apenas para a parte leste do estado, onde a precipitação pode chegar a 60 mm. "A nuvens carregadas chegam também a Santa Catarina, onde há previsão de chuva e vento fortes com rajadas de até 70km/h", diz a previsão da Climatempo. No Paraná, o sistema chega já sem força e o modelo não indica volumes expressivos de chuva para os próximos dias. 

Na região Centro-Oeste do Brasil o tempo permanece estável, com chances de chuvas isoladas apenas para o extremo norte do Mato Grosso. Segundo o Inmet, não há indicativos de chuvas para a região nos próximos dias. Ainda há possibilidades de pancadas de chuvas na Zona da Mata Mineira e em áreas do Espírito Santo. O meteorologista destaca que as chuvas podem acontecer com intensidade, mas de maneira isolada em toda área. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 2511
Fonte: Inmet 

 

As previsões do Inmet de tempo seco para a maior parte do país e chuvas restritas à parte sul vão de encontro com a atualização do modelo GFS, divulgada nesta quarta-feira (25) pela Administração Atmosférica e Oceânica (NOAA). Segundo o modelo americano, no período entre 25 de novembro e 3 de dezembro, são esperadas chuvas mais expressivas apenas para  região sul do Brasil.

No Rio Grande do Sul a previsão indica chuva em todo o estado, com precipitação entre 70 e 90 mm, sendo os maiores volumes esperados para o centro-sul do estado. Em Santa Catarina e no Paraná, a tendência é de chuvas entre 60 e 80 mm. O modelo sinaliza ainda condição de chuva para parte leste da região Sudeste, com acumulados de até 80 mm. 

Já para o período entre 3 e 11 de dezembro, o NOAA segue sinalizando o retorno de chuvas para a maior parte do país. De acordo com o modelo, neste período os maiores volumes são esperados para áreas de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, com acumulado entre 90 e 100 mm. 

Para o Centro-Oeste, o GFS mostra chuvas para todas áreas com precipitação entre 50 e 80 mm. Em comparação com a atualização da terça-feira (24), o modelo diminuiu os volumes esperados para o Matopiba. O mapa mostra chuvas mais expressivas apenas para Bahia e áreas do Tocantins, e volumes mais baixos para os demais estados da região. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo o Brasil: 

NOAA - 2511
Fonte: NOAA 

 

De acordo com dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, nas últimas 24 horas foram registradas poucas chuvas expressivas em todo o Brasil. Os dados mostram chuvas irregulares em Minas Gerais, com acumulados entre 20 e 25 mm em algumas áreas. As mesmas condições foram observadas no sul e norte de Goiás e regiões sul e norte do Tocantins. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas: 

Últimas 24 horas - Inmet
Fonte: Inmet 

Arthur Frioli Totti em Cruzália-SP Foto: Miguel Felipe Totti
Arthur Frioli Totti em Cruzália-SP Foto: Miguel Felipe Totti

Milho verão Curiúva-PR. Foto: Robson José segatelli Porcelli
Milho verão Curiúva-PR. Foto: Robson José Segatelli Porcelli

Murillo Garcia Dzierwa auxiliando no plantio da soja em Palmeira-PR. Foto: Marcel
Murillo Garcia Dzierwa auxiliando no plantio da soja em Palmeira-PR. Foto: Marcel

Milho verão Curiúva-PR. Foto: Robson José Segatelli Porcelli
Milho verão Curiúva-PR. Foto: Robson José Segatelli Porcelli

Envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário