HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Rio Grande do Sul com precipitação expressiva nesta 5ª: Inmet emite alerta de chuvas intensa, rajada de vento e granizo

Publicado em 26/11/2020 09:43 4062 exibições

LOGO nalogo

Conforme indicavam as previsões, as chuvas começam a chegar com mais intensidade na parte sul do Brasil nesta quinta-feira (26). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de tempestade para todo o Rio Grande do Sul e áreas de Santa Catarina, válido para as próximas 24 horas.

"Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos", destaca comunicado. 

Veja o mapa sinalizando áreas de alerta nesta quinta-feira (26): 

Alerta chuvas RS e SC - Inmet - 2611

Fonte: Inmet 

De acordo com Heráclio Alves, meteorologista do Inmet, são esperadas chuvas com rajadas de ventos e quedas de granizo. "A temperatura está bastante alta e esse choque com a massa de ar frio que chega com o sistema, aliado à umidade, aumentam as chances de granizo em toda essa área", explica o especialista. 

A tendência é de chuvas intensas até sexta-feira (27) em toda a região. Falando em volumes, o modelo Cosmo do Inmet indica chuvas mais expressivas para o oeste do Rio Grande do Sul, com precipitação entre 40 e 60 mm nas próximas 24 horas. As demais áreas do estado também têm previsão de chuvas, com precipitação entre 20 e 40 mm. 

>>> RS tem áreas com perda total no milho verão; SC vai colher 700 mil/t a menos

Ao longo do dia o sistema deve avançar para Santa Catarina, aumentando as áreas de instabilidade no centro-sul e leste catarinense. Os acumulados mais expressivos são esperados para área leste com até 30 mm. Já para o Paraná, as previsões não indicam chuvas expressivas. Heráclio destaca que chuvas pontuais podem acontecer apenas na região leste do estado. 

"Em Santa Catarina e no centro sul do Paraná, as condições são para pancadas de chuva isoladas de moderada a forte intensidade com raios e rajadas de vento. Em Foz do Iguaçu as rajadas podem alcançar até 60km/h", complementa a previsão da Climatempo. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas no sul do BR: 

Chuvas no Sul - 93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 

 

Para as demais áreas do Brasil o Inmet segue indicando tempo seco e temperaturas elevadas. Áreas do Mato Grosso e Goiás podem registrar chuvas pontuais e sem volumes expressivos nas próximas 24 horas. Segundo a Climatempo, uma massa de ar quente e mais seco predomina sobre a região e impede a formação de grandes instabilidades em toda área. 

As condições são favoráveis para queda na umidade relativa do ar que podem ficar abaixo de 30% no Mato Grosso do Sul, parte do Mato Grosso, Brasília e Goiás. "A população deve estar atenta aos índices de umidade relativa do ar que podem ficar abaixo de 30% nestas localidades ao longo do fim de semana", alerta a Climatempo.

Veja o mapa de previsão de precipitação para todo o país nas próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 2611
Fonte: Inmet 

Fazenda Reconquista em Jateí MS. Foto: Nereu Cesar Medeiros
Fazenda Reconquista em Jateí MS. Foto: Nereu Cesar Medeiros

Fazenda Reconquista em Jateí MS. Foto: Nereu Cesar Medeiros
Fazenda Reconquista em Jateí MS. Foto: Nereu Cesar Medeiros

Por do sol Cruzália sp. Foto tirada por Anderson Rodrigo Totti.
Por do sol Cruzália sp. Foto tirada por Anderson Rodrigo Totti

Soja com bom desenvolvimento. Família Maldaner, Entre Rios do Oeste- PR. Aurelio Maldaner
Soja com bom desenvolvimento. Família Maldaner, Entre Rios do Oeste- PR. Aurelio Maldaner

Envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

Leia Mais:

+ Quanto o Brasil vai colher de soja? Consultorias revisam suas estimativas frente ao tempo seco

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário