HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Inmet: Semana começa com previsão de chuvas no sul do Brasil; SC deve receber os maiores volumes

Publicado em 30/11/2020 10:17 e atualizado em 30/11/2020 11:07 2963 exibições
Demais áreas do país permanecem sem chuvas nesta 2ª; tendência é de mudança gradual nos próximos dias

 

LOGO nalogo

De acordo com o modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a semana começa com previsão de chuvas para o sul do Brasil. As previsões seguem indicando tempo seco para todo o Brasil Central nesta segunda-feira (30). 

Um novo sistema avança pela faixa oeste do sul do Brasil. Para o Rio Grande do Sul, as chuvas deverão ser concentradas no centro-norte do estado, com volumes entre 20 e 40 mm, sendo os maiores volumes esperados para o norte do estado.

Já para Santa Catarina, a tendência é de chuva abrangente em todo o estado. Segundo o Cosmo, é esperada chuva com precipitação entre 20 e 30 mm. Sendo os maiores volumes esperados para o leste do estado, com acumulados de até 70 mm na área leste.

No estado do Paraná, a tendência é de chuva mais expressiva apenas para o leste do estado, com acumulados entre 20 e 30 mm. "Chove a qualquer hora do dia no centro-oeste e norte do Rio Grande do Sul e no centro-oeste de Santa Catarina. O litoral sul gaúcho fica com muitas nuvens, mas sem chuva", complementa a Climatempo. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para a região sul do país nas próximas 24 horas: 

Chuvas 24 horas - Região Sul - Inmet - 3011
Fonte: Inmet 

 

A consultoria destaca ainda que a segunda-feira (30) não tem previsão de chuva, no nordeste de Mato Grosso do Sul, no leste de Mato Grosso, em Goiás, no Distrito Federal, no oeste, norte e leste de Minas Gerais, em quase toda a região  Nordeste e na maioria das áreas do Tocantins. "Toda a costa leste do Nordeste, o Rio Grande do Norte, Ceará, o norte e o oeste do Maranhão e o extremo norte do Tocantins têm condições para chuvas rápidas no decorrer do dia", afirma a Climatempo. 

De acordo com o modelo Cosmo, a tendência é que as chuvas cheguem para área Sudeste do Brasil a partir de quarta-feira, dia 2 de dezembro. O modelo sinaliza a chegada do sistema pela faixa leste da região, com previsão de precipitação entre 20 e 30 mm no leste paulista. As previsões indicam ainda, chances de avanço para o Rio de Janeiro e sul de Minas Gerais, onde as precipitações podem chegar a 70 mm nos próximos dias. 

Também a partir do dia 2, os modelos mostram condição de chuvas para o Mato Grosso do Sul, porém ainda com volumes baixos. Neste mesmo dia, são esperadas chuvas pontuais no Mato Grosso. As demais áreas do Centro-Oeste devem permanecer com tempo estável. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 3011
Fonte: Inmet 

 

A atualização do modelo GFS, divulgada nesta segunda-feira (30) pela Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA) mantém a previsão de chuvas para a parte sul do país nos próximos dias. 

De acordo com o modelo americano, no período entre 30 de novembro e 8 de dezembro, a tendência é de precipitação entre 40 e 60 mm nos três estados da região sul. 

A atualização trouxe ainda a tendência de retorno de chuvas mais volumosas para Minas Gerais - entre 90 e 100 mm, além do retorno das chuvas para o Centro-Oeste, onde a previsão indica acumulado entre 60 e 70 mm. 

Já no período entre 8 e 16 de dezembro, o modelo indica uma redução nos volumes para a região sul do Brasil, sobretudo no oeste do Rio Grande do Sul onde o corte das chuvas deverá ser mais intenso.

Para o Brasil Central, o NOAA traz a previsão de chuvas que abrangem toda a área, com precipitação entre 80 e 100 mm. A atualização indica ainda o retorno das chuvas para áreas do Matopiba, com precipitação de até 100 mm.

Veja o mapa com a previsão estendida para todo o Brasil: 

NOAA - 3011
Fonte: NOAA 


Últimos cinco dias 

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, os maiores volumes de chuvas foram registrados na região sul do Brasil. 

O mapa indica acumulados entre 30 e 60 mm no Rio Grande do Sul. Os menores volumes foram registrados na parte sul do estado, entre 25 e 30 mm. 

Também foram registradas chuvas entre 20 e 40 mm no centro-sul de Santa Catarina. Já no Paraná, conforme indicavam as previsões, o sistema não chegou com força no Paraná e forma registradas chuvas mais significativas apenas na parte leste do estado, com acumulado entre 30 e 40 mm. 

Nas demais regiões do país, houve registro de chuvas no Espírito Santo, leste de Minas Gerais e região leste da Bahia, com acumulados de 20 mm. No Centro-Oeste, as chuvas mais abrangentes foram registrados no norte do Mato Grosso, com acumulado entre 15 e 25 mm.  

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 5 dias: 

Últimos 5 dias - Inmet - 3011
Fonte: Inmet 

Presidente Bernardes/SP Foto: João Rafael Bocardo
Presidente Bernardes/SP Foto: João Rafael Bocardo

Taquarituba-SP Foto: Marcelo Lima, Técnico em Agronegócio
Taquarituba-SP Foto: Marcelo Lima, Técnico em Agronegócio

Aplicação em Sidrolândia/MS Foto: Alberto Tulli
Aplicação em Sidrolândia/MS Foto: Alberto Tulli


Caua e Caique em Sete Quedas/MS
Caua e Caique em Sete Quedas/MS

Envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário