HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Inmet: Previsão é de tempestade intensa no Paraná nesta 6ª; chuvas chegam com intensidade para o Brasil Central

Publicado em 04/12/2020 10:10 e atualizado em 04/12/2020 17:25 4588 exibições
Instituto alerta para ventania e queda de granizo em toda área, após dias de temperaturas elevadas

LOGO nalogo

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para chuva forte previstas em todo o estado do Paraná nesta sexta-feira (4). Segundo a meteorologista Naiane Araújo, as áreas de instabilidade ganham força nas próximas 24 horas, com chances de queda de granizo, ventania e acumulados expressivos.

"Desde ontem o Paraná registra muitas pancadas de chuvas e a tendência é de permanência desse quadro, além das chuvas começarem avançar para a região central de forma mais efetiva nas próximas horas", comenta a especialista. 

Falando em volumes, o modelo Cosmo do Inmet, indica os maiores volumes para região oeste do estado, com acumulados que podem chegar a 60 mm em algumas áreas. Para as demais áreas do estado, a tendência é de chuva entre 20 e 30 mm. 

"Na área de divisa com Santa Catarina os modelos também mostram possibilidade de chuva forte", explica. Em Santa Catarina, a expectativa é de chuva para todo o estado, sendo os maiores volumes esperados o extremo norte do estado, com até 30 mm. Já para o Rio Grande do Sul, o modelo mostra volumes entre 20 e 30 mm. 

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 24 horas no sul do Brasil: 

Sul 24 horas - Inmet - 0412
Fonte: Inmet 

 

Os modelos do Inmet seguem indicando o avanço das chuvas para o Brasil Central. Naiane destaca, no entanto, que toda área fica em estado de atenção com a intensidade que as chuvas devem chegar. "Quando temos um intervalo nas chuvas como esse e esquenta muito, as chuvas podem chegar com muita força e muita queda de granizo, podendo causar algum dano e esse é o cenário que temos hoje", explica. 

Para as próximas 24 horas, o Cosmo mostra o retorno da umidade para todo o Centro-Oeste e Sudeste do país. "No Mato Groso, Mato Grosso do Sul e regiões de Minas Gerais que estavam com as temperaturas muito elevadas, as chances de chuva muito forte são ainda maiores", afirma. 

A meteorologista destaca ainda que a tendência é de um final de semana mais úmido em toda área. Para semana que vem, os modelos já ilustram a formação de um corredor de umidade, indicando que o retorno da chuvas para todo o Brasil Central deve ser efetivo. "No fim de semana aumenta a chance de chuvas e esse padrão de chuvas começa a ficar mais evidente com o corredor de umidade", comenta. 

Para a região Sudeste, a Climatempo destaca que uma nova frente fria deve avançar sobre a região, favorecendo a formação de muitas áreas de instabilidade em toda área. "De acordo com os meteorologistas da Climatempo, há previsão de chuva forte e volumosa, na maioria das vezes acompanhadas de fortes rajadas de vento", destaca a previsão. 

Ainda de acordo com a consultoria, Até os dias 5 e 6 de dezembro, a presença da frente fria e uma área de baixa pressão que se forma no interior do continente e avança em direção ao Sudeste vão manter o tempo bem instável na região.

"O risco de fortes temporais, com chuva e vento intensos persiste no fim de semana, com destaque para o domingo, quando os temporais são mais intensos. As áreas mais atingidas devem ser o estado de São Paulo, triângulo mineiro, centro-sul e leste de Minas Gerais e o estado do Rio De Janeiro", complementa. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 0412
Fonte: Inmet 

 

 

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, nas últimas 24 horas os maiores acumulados foram registrados na região sul do Brasil, conforme já indicavam as previsões. 

Choveu em todo o estado do Rio Grande do Sul, com precipitação entre 20 e 40 mm, sendo os maiores volumes registrados no extremo norte do estado. 

Também choveu em todas regiões de Santa Catarina, com chuvas de até 50 mm na região oeste do estado. As demais áreas registraram chuvas entre 20 e 30 mm. No Paraná, apenas o norte do estado não recebeu chuvas. O mapa mostra chuvas de até 60 mm no oeste do estado e entre 15 e 20 mm nas demais áreas. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas: 

Últimas 24 horas - Inmet - 0412
Fonte: Inmet


 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Elton Szweryda Santos Hortolândia - SP

    Sera??? Todas as previsoes rescentes de muita chuva no sul de sao paulo, nao passaram de 7 mm.

    1
    • Leodir Vicente Sbaraine Terra Roxa - PR

      Nossa, aqui de ontem pra cá, a chuva veio pra valer..., mais de 100 mm até agora... antes estava feio, o "bicho estava pegando"...

      0
    • Elton Szweryda Santos Hortolândia - SP

      Pois é Leodir, nessa noite, pelo satelite do inmet, de bauru sp, nuvens muito frias, cor vermelha alaranjada, alertas de granizo, etc passariam em minha regiao..., fiquei com receio mas choveu só 5 mm, talvez o inmet esteja com algum equipamento desregulado, descalibrado.

      1