HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Previsão do tempo: Chuvas voltam a ficar estacionadas sobre o Brasil Central nesta semana

Publicado em 08/03/2021 09:01 e atualizado em 08/03/2021 14:36 5875 exibições
Formação de novo corredor de umidade acontece nos próximos dias; umidade retorna para oeste da BA

LOGO nalogo

A semana começa com previsão de pancadas de chuvas em quase todo o Brasil. Segundo as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a formação de uma nova Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) volta a favorecer os maiores volumes de chuvas em todo o Brasil Central. 

De acordo com Francisco de Assis Diniz - meteorologista do Inmet, nas próximas 24 horas, são esperadas pancadas de chuvas com trovoadas no Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Minas Gerais e Espírito Santo.  "A chuva volta a ficar "estacionária" sobre o Brasil Central e os sistemas vão tentar estabelecer uma nova ZCAS, o que aumenta as áreas de instabilidade em toda área", comenta Francisco. 

Em relação os volumes, o modelo Cosmo indica que as maiores precipitações são previstas para o Mato Grosso nesta segunda-feira (8), com acumulados entre 20mm e 30mm na região norte do estado, podendo ter pontos de chuvas isoladas com precipitação de até 60mm. Ainda no Centro-Oeste, o modelo também mantém a umidade no Mato Grosso do Sul e em Goiás. 

Na região Sudeste do Brasil, o norte de São Paulo e pontos isolados de Minas Gerais podem registrar chuvas de até 20mm. Segundo Francisco, no Espírito Santo as chuvas chegam com mais intensidade, com previsão de acumulados de até 40mm. 

O Inmet mantém ainda a condição de chuvas para o Matopiba, porém com volumes mais baixos quando comparados com a última semana. Ainda de acordo com os modelos, a umidade avança e volta a chover no oeste da Bahia nos próximos dias. Segundo o Cosmo, a partir de terça-feira (9), as chuvas na região ganham intensidade, com previsão de precipitação de até 60mm no oeste da Bahia. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 0803
Fonte: Inmet 

 

A atualização do modelo GFS, divulgada nesta segunda-feira (8), também mantém a condição de chuvas para o Brasil Central nos próximos sete dias. 

No período entre 8 e 16 de março, o NOAA prevê precipitação entre 70mm e 90mm para o Centro-Oeste, com exceção do Mato Grosso do Sul que deve permanecer com tempo estável no período. As mesmas condições são previstas para o Matopiba, enquanto o Sudeste pode ter precipitação de até 100mm no período. 

Já no período entre 16 e 26 de março, o NOAA prevê chuvas mais intensas no Centro-Oeste, com precipitação acima dos 100mm. Mantém ainda a projeção de chuvas para o Sudeste e indica o retorno da umidade para o sul do Brasil, com precipitação entre 35mm e 40mm. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo Brasil: 

NOAA - 0803
Fonte: NOAA  

 

Últimos cinco dias

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, os maiores volumes foram registrados no Paraná, conforme indicavam as previsões.

Choveu em todo o estado, com precipitação entre 80mm e 100mm, sendo os maiores volumes registrados na região oeste do estado. Ainda na região Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul registraram chuvas entre 30mm e 40mm no período. 

No Centro-Oeste, os maiores volumes foram registrados no norte do Mato Grosso, com precipitação entre 40mm e 80mm. Mato Grosso do Sul e Goiás registraram chuvas entre 30mm e 40mm. 

No Matopiba, o Maranhão recebeu os maiores volumes, com chuvas entre 40mm e 50mm no centro-norte do estado. Tocantins e Piauí registrou chuvas entre 20mm e 30mm, enquanto o oeste da Bahia manteve o tempo estável. 

Já na região Sudeste, os maiores volumes de chuva foram registrados no centro-sul de São Paulo, entre 20mm e 40mm. Minas Gerais, Rio de Janeiro e centro-sul do Espírito Santo registraram chuvas entre 20mm e 30mm no período.

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 5 dias: 

Últimos 5 dias - Inmet - 0803
Fonte: Inmet 
 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário