HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

RS segue em alerta para chuvas intensas nesta 4ª feira; massa de ar frio vem logo atrás e derruba temperaturas

Publicado em 05/05/2021 10:47 e atualizado em 05/05/2021 15:13 2145 exibições
Brasil Central segue com tempo seco e com umidade relativa do ar baixa nos próximos dias

LOGO nalogo

A frente fria em atuação no Rio Grande do Sul desde ontem segue influenciando a formação de nuvens carregadas em todo o estado nesta quarta-feira (5). Segundo Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, a previsão continua indicando com chuva com intensidade, principalmente no centro-norte gaúcho. 

O Inmet emitiu um alerta amarelo de acumulado de chuvas para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, válido até 12h da quinta-feira. (6). "Chuva entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia. Baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco", destacou a publicação atual. 

Veja no mapa áreas colocadas em alerta pelo Inmet: 

Alerta de chuva - Inmet - 050521
Fonte: Inmet

Ainda sobre a previsão de acumulado, o modelo Cosmo Inmet indica chuvas de até 50mm no oeste do Rio Grande do Sul. A rodada mais recente do modelo, prevê ainda que o sistema vai passar de forma rápida pelo estado, aumentando as precipitações na região norte na quinta-feira (6), quando os acumulados podem chegar a 70mm. 

Em Santa Catarina, as chuvas devem atingir com mais intensidade apenas o leste do estado, com precipitação entre 20mm e 30mm também na quinta-feira. As demais áreas do estado, assim como sul do Paraná também apresentam condição de chuvas, porém com volumes mais baixos e ainda mais irregular. 

A massa de ar seco segue impedindo o avanço dos sistemas para o Brasil Central, condição que é característica da estação, mas que aumenta as preocupações para o desenvolvimento do milho safrinha, plantada mais tarde neste ano justamente pelas condições irregulares dos sistemas de chuvas que o produtor enfrenta há mais de um ano. 

Segundo o meteorologista, além da falta de chuva, toda a área vai sentir os impactos com a redução da umidade relativa do ar, que deve cair para 20% principalmente no Centro-Oeste nesta quarta-feira (5). Os modelos seguem mantendo a projeção de tempo seco em toda a área por, pelo menos, mais sete dias. 

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 050521
Fonte: Inmet 

Logo após a passagem da frente fria pelo Sul do Brasil, uma nova massa de ar frio vai entrar pelo Rio Grande do Sul, derrubando as temperaturas em todo o estado. De acordo com Mamedes, os modelos mostram que essa massa de origem polar é mais intensa do que a última, observada em abril e que a tendência daqui para frente é que o sistema se torne cada vez mais frequente e intenso, na medida que o inverno se aproxima. 

De acordo com o especialista, o declínio na temperatura é esperado já para quinta-feira no Rio Grande do Sul, quando as máximas não devem ultrapassar os 18 graus. Já as mínimas podem ficar entre 2 e 4 graus, com chance de geadas nas áreas serranas do estado.

"A tendência é que a massa avance também para os outros estados, mas precisamos continuar acompanhando e fazendo as atualizações para saber a intensidade que o frio vai chegar não só no Rio Grande do Sul, mas também em outras áreas", comenta.  

Veja o mapa com a tendência de temperatura: 

Tendência temperatura do ar - Inmet - 050521
Fonte: Inmet 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário