Massa de ar frio: Temperaturas caem e Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul têm previsão de geadas na próxima madrugada

Publicado em 06/05/2021 10:39 3746 exibições
Sistema conhecido como Friagem vai derrubar as temperaturas de norte a sul

LOGO nalogo

A frente fria que estava em atuação no Rio Grande do Sul desde terça-feira (5) vai avançar para Santa Catarina nas próximas 24 horas. As áreas de instabilidade também chegam no Paraná, porém com volume muito baixo e de forma irregular. 

Em relação aos volumes, de acordo com o modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é previsto chuva entre 20mm e 40mm em grande parte de Santa Catarina e chance de chuvas entre 20mm e 30mm no extremo norte do Rio Grande do Sul. 

Nas demais áreas do país, seguem sendo previstas apenas chuvas no extremo norte, com destaque para o Maranhão que pode receber as chuvas mais expressivas. O modelo mostra ainda condição para chuva no Tocantins e áreas do norte do Mato Grosso, porém com volumes baixos. Consequência do tempo seco, a tendência é que a umidade relativa do ar volte a ficar em torno de 20% em todo o Brasil Central. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 060521
Fonte: Inmet 

Conforme já era previsto, após a passagem da frente fria, uma intensa massa de ar frio entra no Brasil, configurando um sistema chamado friagem, que tem como característica derrubar as temperaturas em boa parte do país. 

Na parte Sul do Brasil, a previsão é de risco de geada em todas as regiões do Rio Grande do Sul, com destaque na região central onde a intensidade deve ser moderada. Segundo Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, as temperaturas podem chegar a 0ºC em várias áreas do estado gaúcho. 

Veja o mapa com a tendência de temperatura do ar: 

Tendência de temperatura - Inmet - 0605

Fonte: Inmet 

O frio também chega, na próxima madrugada, para o sudoeste do Paraná, grande parte do Mato Grosso do Sul, também com risco de geadas nessas áreas, mas com intensidade fraca. A tendência é que o sistema avance pela faixa oeste do Brasil e derrube também as temperaturas no sudoeste do Mato Grosso e no oeste e norte de Rondônia. 

O mapa de previsão de temperatura do Inmet indica temperaturas mínimas entre 4 e 6 graus no Rio Grande do Sul e no centro-leste de Santa Catarina. No sul do Paraná e sul do Mato Grosso do Sul são previstas mínimas entre 8 e 10 graus. Já no Mato Grosso, as mínimas apresentam tendência entre 14 e 16 graus. Em Rondônia, a previsão também indica mínima entre 14 e 16 graus. 

Veja o mapa de previsão de temperatura para os próximos dias: 

Temperaturas próximos dias - Inmet - 060521
Fonte: Inmet 

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, os maiores volumes de chuvas foram registrados no Rio Grande do Sul nas últimas 24 horas, confirmando as previsões anteriores. 

O mapa mostra acumulados entre 20mm e 50mm em boa parte do estado, com exceção do extremo norte gaúcho que permaneceu com tempo seco. 

Nas demais áreas do país, o bloqueio da massa de ar seco continuou impedindo o avanço das chuvas, sem registro de volumes em todo o Brasil Central. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas: 

Últimas 24 horas - Inmet - 060521
Fonte: Inmet 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário