HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Primeira semana do inverno com previsão de mais chuva para o Sul do Brasil, aponta Inmet

Publicado em 21/06/2021 10:40 e atualizado em 21/06/2021 14:15 2021 exibições
Brasil Central fica em alerta para baixa umidade relativa do ar, condição característica da nova estação

LOGO nalogo

O inverno começou oficialmente as 00h32 desta segunda-feira (21) e a primeira semana da estação mais fria do ano será marcada pela passagem de frentes frias no sul do Brasil, segundo as previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As demais áreas do país continuam com tempo seco e em estado de atenção para baixa umidadade relativa do ar principalmente na região Central do Brasil. 

De acordo com Heráclio Alves, meteorologista do Inmet, áreas de instabilidade continuam influenciando a formação de nuvens pelo sul do Brasil, com destaque para o leste dos três estados que devem receber as chuvas mais volumosas no período. "A partir de agora serão cada vez mais frequentes essa passagem rápida das frentes frias pela região, sem conseguir avançar para as demais áreas do país", comenta o meteorologista. 

Entre quarta e quinta-feira (24) desta semana, um novo sistema vai avançar pelo sul do Rio Grande do Sul. De acordo com o modelo Cosmo, também do Inmet, neste dia são previstas precipitações entre 20mm e 30mm no sul e oeste do estado. A tendência é que o sistema avance de forma rápida, favorecendo a formação de nuvens também em Santa Catarina e em áreas do Paraná, porém com volumes mais baixos. 

No sábado, dia 26, o modelo prevê uma nova rodada de chuvas, mas dessa vez com os maiores volumes no norte do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. As duas áreas podem registrar chuvas de até 50mm neste dia. Os modelos mostram ainda que o sistema vai ganhar intensidade no domingo, dia 27, com previsão de volumes expressivos para o norte gaúcho. No início da próxima semana, as chuvas também ganham força em Santa Catarina.

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 93 horas: 

Próximos dias - Inmet - 210621
Fonte: Inmet 
 

A atualização do modelo de previsão estendida, divulgada nesta segunda-feira (21) pela Administração Atmosférica e Oceânica (NOAA) também prevê chuvas apenas para o sul do Brasil nos próximos dias. 

No período entre 21 e 29 de junho, o NOAA indica precipitação entre 80mm e 100mm no Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina, a tendência é de chuvas entre 60mm e 70mm e previsão de chuvas com volume mais baixo no extremo sul do Paraná. 

Entre os dias 29 de junho e 7 de julho, o NOAA mantém a umidade na região sul do Brasil, com previsão de precipitação entre 40mm e 50mm nos três estados, com destaque para Rio Grande do Sul e Santa Catarina que mais uma vez devem receber os maiores volumes. O modelo mostra ainda a possibilidade do retorno da umidade em áreas pontuais do Mato Grosso do Sul no período. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo Brasil: 

NOAA - 210621
Fonte: NOAA 


 

Últimos três dias 

Conforme já era previsto, os maiores volumes de chuvas foram registrados no sul do Brasil nos últimos três dias. De acordo com dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet foram registradas chuvas entre 30mm e 50mm no Rio Grande do Sul. Apenas o oeste gaúcho não recebeu chuvas significativas no período. 

Também choveu em todas as áreas de Santa Catarina, sendo os maiores volumes registrados no leste do estado - entre 40mm e 60mm. No Paraná, foram registrados acumulados entre 40mm e 50mm no sul do estado, precipitação entre 20mm e 25mm na região central. 

Veja o mapa de precipitação registrada nos últimos três dias: 

Últimos três dias - Inmet - 210621
Fonte: Inmet 


Semeadura de Trigo em Rio Pardo-RS por Luís Felipe.
Semeadura de Trigo em Rio Pardo-RS por Luís Felipe

Milho segunda safra na região de Balsas-MA por João Achyles
Milho segunda safra na região de Balsas-MA por João Achyles

Envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imagensdodia

 


 

 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário