HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Alívio rápido: Chuvas voltam para o Sul do Brasil na primeira semana do ano

Publicado em 03/01/2022 10:32 e atualizado em 03/01/2022 11:26 6264 exibições
Segundo o Inmet, nas demais regiões a previsão continua sendo de chuva nas principais áreas de produção agrícola

Logotipo Notícias Agrícolas

Depois de mais de 15 dias sem chuvas significativas,  o alívio para o produtor da região Sul do Brasil deve chegar na primeira semana do ano. A estiagem prolongada, por mais um ano, traz danos à safra de grãos na região, e de acordo com as previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as altas temperaturas das últimas semanas favorecem a formação de nuvens carregadas e as chuva pode chegar em forma de temporal, com risco de queda de granizo em algumas áreas.  

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 15 dias em todo Brasil: 
 

Últimos 15 dias
Fonte: Inmet

"Pelo que estamos vendo ainda não é nada muito expressivo, mas já traz bastante melhora para a condição de seca nos três estados. A tendência é que as chuvas avancem também para Santa Catarina e Paraná nos próximos dias", afirma Heráclio Alves, meteorologista do Inmet. 

Em relação aos volumes, o modelo Cosmo do também já indica condição de chuva para os três estados da região Sul já nesta segunda-feira (3), mas ainda com volumes mais baixos. De acordo com Heráclio, com as temperaturas muito elevadas, temporais podem acontecer de forma muito pontual em toda área. 

A tendência é que no decorrer do dia as chuvas ganhem força no oeste gaúcho, com precipitação entre 20mm e 40mm, com avanço do sistema entre terça-feira e quarta-feira (5) nas demais áreas do estado. No extremo sul do Rio Grande do Sul a tendência é de chuva ainda mais volumosa, com acumulados de até 70mm no período. 

A partir de quinta-feira, dia 6, o oeste do Rio Grande do Sul volta a ficar com tempo estável e a chuva passa a ser mais expressiva no norte do estado e em áreas isoladas de Santa Catarina e do Paraná, com precipitação acumulada entre 20mm e 30mm. 

Para as demais regiões, o Inmet mantém a condição de bastante chuva para o Centro-Norte do país. Para as próximas 24 horas, no Sudeste, Minas Gerais deve receber os maiores acumulados de chuva, entre 20mm e 50mm. Segundo o modelo Cosmo chove em todas as áreas do estado mineiro. Ainda no Sudeste, também chove em São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, porém com volumes mais baixos. 

No Centro-Oeste, permanece a condição de chuva no Mato Grosso - o que pode atrapalhar a colheita da soja no estado. Também mantém a previsão de chuva para Mato Grosso do Sul e Goiás nesta segunda-feira (3). 

Para o Matopiba há previsão de chuva em todos os estados. De acordo com o modelo, chove em todas áreas do Tocantins e Maranhão. Há condição para chuvas no oeste do Piauí e também no oeste da Bahia. Todas as áreas têm previsão de precipitação entre 30mm e 40mm nas próximas 24 horas. 

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 93 horas: 
 

GIF 03-01-2022 10-40-05
Fonte: Inmet 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário