HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Primeira semana de julho vai terminar com tempo muito seco e temperaturas mais elevadas em todo Brasil

Publicado em 07/07/2022 10:33 e atualizado em 07/07/2022 11:54
Intensa massa de ar seco impede formação de nuvens carregadas e chuvas são previstas apenas no Rio Grande do Sul

Logotipo Notícias Agrícolas

Os modelos meteorológicos mais recentes continuam mantendo a permanência do tempo muito seco e temperaturas acima do normal para época do ano em boa parte do país. De acordo com a Climatempo, as temperaturas mais elevadas são observadas no Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, mas também em áreas do Sul do Brasil. 

Com essas condições, o cenário continua sendo de alerta amarelo para baixa umidade relativa do ar em vários pontos do país. O alerta foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e é válido em todo o Centro-Oeste, Tocantins, sul do Piauí, extremo sul do Maranhão, oeste da Bahia, faixa oeste de Minas Gerais e em São Paulo. Em todas essas regiões os níveis de umidade relativa devem ficar entre 30% e 20% até. O alerta é válido até as 19h desta quinta-feira (7). 

"As capitais do Centro-Oeste, além de Palmas, São Paulo e Rio De Janeiro foram as mais secas ontem no país e  registraram níveis de umidade do ar entre 30% e 36%, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia. Estes índices podem se repetir nesta quinta-feira e com a inclusão de Belo Horizonte dentre as capitais mais secas", complementa a Climatempo. 

De acordo com o mapa de previsão de temperatura do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Centro-Oeste as temperaturas máximas podem bater a casa dos 36 graus nas próximas horas. No Tocantins, Goiás e Maranhão, a máxima prevista é de 34 graus. Já em São Paulo, noroeste do Paraná, Minas gerais e em áreas da Bahia, a previsão indica temperaturas entre 30ºC e 32ºC. 

Veja o mapa de previsão de temperatura nas próximas horas: 

GIF 07-07-2022 10-34-24
Fonte: Inmet 

 

Segundo a Climatempo, uma nova frente fria vai avançar para o Brasil, mas a formação de nuvens mais carregada é prevista apenas para o Rio Grande do Sul. Mais uma vez, o sistema não deve ter força para avançar para as demais áreas do país. 

"No decorrer desta quinta-feira, esta frente fria vai sendo  desviada para alto-mar por uma grande e forte massa de ar seco que influencia a maioria das áreas do Brasil. O ar seco inibe a formação de nuvens de chuva", afirma a consultoria. 

O modelo Cosmo prevê precipitação entre 20mm e 30mm no centro do Rio Grande do Sul entre esta quinta e sexta-feira (8) e prevê ainda que a passagem do sistema será rápida pelo estado gaúcho, sem levar umidade para as demais áreas do estado. 

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 93 horas: 

GIF 07-07-2022 10-40-45
Fonte: 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário