HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

NOAA: Bloqueio pode perder força e chuva avançar para algumas áreas ainda nesta semana

Publicado em 01/08/2022 10:37 e atualizado em 01/08/2022 11:18
Chuva ainda não é abrangente e em todas as áreas, mas deve levar alívio para alguns produtores

Logotipo Notícias Agrícolas

A virada do mês pode trazer mudanças nas condições do tempo em várias regiões produtoras do país, de acordo com a atualização do modelo de previsão estendida, divulgada na manhã desta segunda-feira (1º) pela Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA). 

O modelo norte-americano indica chuva entre 20mm e 30mm em pontos da região Centro-Sul do país, com destaque para Mato Grosso do Sul e áreas de São Paulo. Segundo o modelo, a tendência é que as chuvas continuem pelo Centro-Sul do Brasil durante a primeira quinzena do mês. Os meteorologistas, no entanto, alertam que a chuva não deve ser abrangente e para todas as áreas, mas leva alívio após longo período de tempo muito seco e baixa umidade relativa do ar. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo Brasil: 
 

NOAA
Fonte: NOAA 

A consultoria Climatempo destaca que o início da semana ainda será de tempo seco na região Central, e que a partir de quinta-feira (4), uma frente fria no Sul do Brasil é o sistema que vai favorecer o avanço da umidade em direçãop ao Sudeste, aumentando a nebulosidade no estado de São Paulo. 

"As demais áreas da Região, ainda não terão grandes mudanças no tempo, vai ser um dia com mais variação de nuvens na Grande São Paulo e no Vale do Ribeira, mas sem chuva. A nebulosidade aumenta a partir da noite no Espírito Santo. O estado de Minas, o interior paulista e a maior parte do centro-norte do Rio de Janeiro continuam com tempo firme", afirma. 

A primeira semana também será marcada por amplitude térmica em boa parte do país. A consultoria destaca que madrugadas e manhãs seguem com temperaturas mais baixas, com aumento da temporada no período da tarde. 

Até o aumento da nebulosidade se confirmar, a condição continua sendo de baixa umidade relativa do ar na região Central do país. "Com índices inferiores a 30% em todo centro e norte paulista, interior de Minas Gerais, da Bahia, sul do Piauí e interior Pernambuco, e abaixo de 20% em Brasília, Goiânia, interior e sul de Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul", acrescenta. 

Já a previsão do modelo Cosmo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), mantém a previsão de tempo seco em todas as regiões do Brasil. De acordo com o modelo, as chuvas, em volumes baixos, ficam restritos ao extremo norte do país. 

O modelo prevê uma nova rodada de chuvas a partir de quinta-feira (4) no Rio Grande do Sul, com acumulados entre 20mm e 30mm na região. O modelo do Inmet, no entanto, não indica o avanço da chuva para as demais áreas do país. Veja o mapa de previsão de precipitação nos próximos dias:  

GIF 01-08-2022 10-50-34
Fonte: Inmet 
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • milena tarallo jundiaí - SP

    Crítica construtiva: "Os meteorologistas, alertaM que a chuva não deve ser abrangente, mas levA alívio após longo período de tempo muito seco." quem alerta são os meteorologistas, no plural e quem leva é a chuva, no singular.

    0
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Chuva na hora da colheita so' e' desejada para nao secar o poço

      2