Publicidade

Suíno vivo aumenta R$ 0,20 em Minas Gerais e bate nos R$ 3,90/kg

Publicado em 23/11/2012 11:51 410 exibições
Os preços de comercialização do quilo do suíno vivo registraram uma elevação expressiva em Minas Gerais. As cotações que estavam sendo praticadas a R$ 3,70 na semana anterior, aumentaram para R$ 3,90 na tarde desta quinta-feira (22). 

Segundo o vice-presidente da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg), José Arnaldo Cardoso Pena, o valor da cotação foi definido na Bolsa de Comercialização de Suínos, em acordo entre representantes dos frigoríficos e os suinocultores do estado. 

Desde o início de 2012, os suinocultores brasileiros enfrentam uma das piores crises do setor, e um dos fatores que agravou a situação foi a alta dos preços do farelo de soja e do milho no mercado interno e internacional. “Os produtores trabalharam no vermelho durante esse tempo, acumulamos um passivo, e agora está sendo equilibrado com a nossa receita”, afirmou Pena. 

A atual cotação do quilo do suíno vivo está acima dos custos de produção, que na região de Belo Horizonte (MG) está entre R$ 3,00 e R$ 3,10. Com isso, a atividade começa a proporcionar rentabilidade aos suinocultores mineiros. 

Apesar do cenário positivo, o presidente sinaliza que os custos de produção devem permanecer elevados em 2013 uma vez que a tendência é que os preços dos grãos também continuem em alta. Atualmente, o milho é negociado entre R$ 36,00 e R$ 38,00 em Minas Gerais, segundo informações de Pena. 

“O grande trunfo para o setor são as exportações, que também estimulam os suinocultores a produzirem carne de melhor qualidade. A expectativa é que os embarques para China aumentem e que o Japão também entre no mercado de carne brasileiro”, relatou o presidente.
Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário