Publicidade

Preço do suíno vivo tem valorização de 8,20% e passa a ser praticado a R$ 3,30 em SC

Publicado em 03/12/2012 11:03 414 exibições
As cotações do quilo do suíno vivo registraram uma elevação significativa nos estados de Santa Catarina e Minas Gerais. O preço do suíno catarinense que estava sendo praticado a R$ 3,05 na semana anterior apresentou uma valorização de 8,20% e passou para R$ 3,30 nesta segunda-feira (03). Já em Minas, o preço era de R$ 3,90 e aumentou para R$ 4,00. 

A alta é reflexo da baixa oferta no mercado devido aos altos custos de produção e o ritmo acelerado das exportações da carne suína nos últimos meses. Além disso, a demanda aquecida em função das festas de final de ano também contribui para esse quadro. 

Contudo, o presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), Losivanio Luiz de Lorenzi, sinaliza que os custos de produtos permanecem elevados, no estado o valor é de R$ 3,20. Durante quase todo o ano de 2012, os custos estiveram acima dos preços do quilo do suíno, o que fez com que os suinocultores catarinenses acumulassem prejuízos. 

 “Esse ano, os produtores acumulam prejuízo de R$ 60,00, em média, por animal pronto. Por outro lado, com a melhora no consumo interno a expectativa é que o quilo do suíno de SC aumente até R$ 0,20 centavos até o final do ano”, explicou o presidente. 

Apesar da margem de lucros ainda ser pequena, os suinocultores brasileiros começam a recuperar parte da rentabilidade que foi comprometida com a crise enfrentada pelo setor ao longo desse ano. Segundo informações do Cepea, os valores recebidos pelos animais são os maiores de 2012 em quase todas as regiões pesquisadas.
Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário