Venezuela comprou leite em pó 15% mais caro em relação a outros importadores da Argentina

Publicado em 10/07/2014 15:24 308 exibições

No último mês de junho, a Argentina exportou 3962 toneladas de leite em pó a granel com destino à Venezuela a um valor de 5144 US$/tonelada.

Ao restante dos outros importadores - Brasil, Chile, República Dominicana, Argélia, Camarões, Emirados Árabes Unidos e Rússia, entre outros - se registraram vendas do produto por 7867 toneladas a uma média de 4466 US$/tonelada. Ou seja: os venezuelanos pagaram 15% a mais do que todos os outros importadores.

No mês passado, a maior parte das operações com destino à Venezuela foram declaradas pela Nestlé: a filial argentina da companhia suíça registrou vendas de 2304 toneladas a um valor de 5070 US$/tonelada.

(Com informações do InfoCampo)

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Vender para a Venezuela com "apenas" 15% de aumento é ser muito otimista. Este pequeno sobreprêço é normal nas vendas brasileiras para Orgãos Públicos para enfrentar os custos de atraso no recebimento. Para a Venezuela tem usar a estratégia do português que vendeu para o cigano pelo dobro do prêço por causa da fama de mau pagador...

    0