Suíno Vivo: Preços estáveis nas principais praças do país nesta terça-feira (22)

Publicado em 22/07/2014 13:51 e atualizado em 23/07/2014 13:02 364 exibições

Nesta terça-feira (22), os preços do suíno vivo se encontram estabilizados em todas as principais praças do país.

Os preços foram impulsionados durante a segunda quinzena do mês de junho e a primeira semana de julho por conta da chegada do inverno e da demanda extra gerada pela Copa do Mundo. No entanto, passados estes eventos, o mercado se encontra equilibrado.

Em boletim da Associação Paulista de Criadores de Suínos, o presidente Valdomiro Ferreira Junior aponta que a Bolsa de Comercialização de Suínos do Estado de São Paulo avaliou que a semana passada até terminou com um viés levemente de alta, com oferta restrita de animais e demanda firme, mas reconheceu que o mercado acabou “andando de lado” na maior parte do tempo. “A Bolsa vem refletindo exatamente as condições do mercado e preferimos manter os valores para não fugir desta característica. Já temos uma estratégia que marca o fim de todo mês com menos oferta e uma demanda ajustada, exatamente para os negócios fluírem bem, com preços justos e adequados”, analisou o presidente.

A projeção para este segundo semestre, no entanto, é positiva, uma vez que o setor aguarda um incremento nas exportações e uma valorização dos preços internacionais. As perdas causadas pela Epidemia da Diarreia Suína (PED) em países como Estados Unidos, Canadá e México.

“É hora de fazer caixa, vender menos suínos e engordar mais os animais”, sentenciou o produtor Carlos Alberto Cunha, em entrevista ao PorkWorld. “O peso vivo da carne vem subindo. Mais um grande motivo para pensarmos melhor ainda em como trabalhar a comercialização do produto”, concordou Valdomiro Ferreira.

Confira os preços do suíno vivo nas principais praças:

Suíno vivoFonte: Suino.com
Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
Santa Catarina 3,60 0,00
Paraná 3,51 0,00
Rio Grande do Sul 3,64 0,00
São Paulo 4,05 0,00
Mato Grosso 3,00 0,00
Goias 3,90 0,00
Minas Gerais 3,90 0,00
BRF/SC* 3,00 0,00
Aurora/SC* 3,10 0,00
Pamplona/SC* 3,00 0,00
Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário