Suíno Vivo: Mercado tem dia de estabilidade e aguarda novas altas

Publicado em 15/10/2014 17:49 105 exibições

Nesta quarta-feira (15), os preços nas principais praças se mantiveram estáveis desde o último fechamento, depois de apresentar altas neste início de semana para São Paulo e Santa Catarina. A tendência é de que haja novas correções positivas para o suíno, visto o bom momento do mercado.

Segundo Valdomiro Ferreira, presidente da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), o bom momento se deve a restrição na oferta de animais. Um dos fatores que levou o mercado essa situação foi o problema climático que atingiu as granjas de Santa Catarina há cerca de 10 meses atrás. Com as temperaturas elevadas, as matrizes tiveram problemas na gestação. Além dessa redução, também houve uma falta de investimentos no setor com a crise de 2012, o que levou os suinocultores a restringirem a oferta.

Além disso, também há bons preços para exportação, que tem incentivado os produtores a vender mais ao mercado externo. Enquanto no Brasil os preços pagos pela carcaça resfriada chegam a R$ 7,60/kg, no mercado internacional há compras de R$ 10,56/kg.

A tendência é de que nas próximas semanas haja novas altas para o mercado. Atualmente a Bolsa de Suínos de São Paulo trabalha com a referência de R$ 95/@, um total de R$ 5,07/kg, cotação recorde para o país. Por outro lado, Valdomiro explica que não dá pra impulsionar muitas altas, pois o mercado está bastante equilibrado.

Confira os preços nas principais praças nesta quarta-feira (15):

Suíno vivoSuíno vivoFonte: Suino.com
Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
VER HISTÓRICO »FECHAMENTO: 15/10/2014
 
Santa Catarina 4,50 0,00
Paraná 4,39 0,00
Rio Grande do Sul 4,62 0,00
São Paulo 5,07 0,00
Mato Grosso 3,95 0,00
Goias 4,50 0,00
Minas Gerais 4,80 0,00
BRF/SC* 3,40 0,00
Aurora/SC* 3,50 0,00
Pamplona/SC* 3,40 0,00
Tags:
Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário