Suíno Vivo: Após encerrar a semana com alta de preços em todas as regiões, mercado tem dia estável

Publicado em 21/09/2015 18:40

Nesta segunda-feira (21), os preços para o suíno vivo ficaram estáveis nas principais praças de comercialização. Muitas regiões realizam as reuniões de bolsas de suínos no início da semana, e até o momento não há novos valores divulgados para os próximos dias.  Na última semana, Santa Catarina foi a última praça a apresentar aumento na referência – passando de R$ 3,70/kg para R$ 4,00/kg -, após todas as regiões registrarem alta nas cotações para o vivo.

Segundo o presidente da ACCS (Associação Catarinense de Criadores de Suínos), Losivânio de Lorenzi, a tendência de alta continua para o mercado, com diversas regiões apresentando alta nas preços, inclusive por parte das integradoras. Além disso, a valorização do dólar frente ao real deve continuar favorecendo as exportações, considerando que a demanda no mercado interno está lenta.

Em São Paulo, a Scot Consultoria aponta que a praça acumula alta de 28,8% desde a segunda quinzena de agosto. Com isso, apesar do aumento para os preços do milho, o poder de compra do suinocultor teve melhora.  Em Campinas (SP),com um quilo de suíno é possível comprar 9,07 quilos de milho, aumento de 4,5% em sete dias.

A preocupação para o setor se dá com a greve dos Fiscais Agropecuários, que acontece desde a última quinta-feira (17). A ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) chegou a emitir nota sobre o assunto, que pedia bom senso aos grevistas, visto que em algumas regiões já apresentar dificuldades para embarcar carnes de aves e de suínos, além de ovos.

Exportações

Nesta segunda-feira (21), o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou novos dados de exportações para a carne suína in natura, referente até a terceira semana de setembro (13 dias úteis). Os embarques chegam a 33,5 mil toneladas, com média diária de 2,6 mil toneladas. Os dados apresentam aumento, tanto em comparação com o mesmo período do ano passado quanto ao desempenho de agosto desde ano.  Em receita, as exportações somam US$ 87,0 milhões, com média de 6,7 milhões.

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo

Tags:
Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário