Suíno Vivo: Semana inicia com alta de preços em Mato Grosso

Publicado em 28/09/2015 18:35

Nesta segunda-feira (28), os preços para o suíno vivo apresentaram alta em Mato Grosso. Na praça, os preços subiram 6,97%, fechando o quilo em R$ 3,53. Diversas regiões ainda não divulgaram novas referências para os próximos dias, enquanto algumas das praças optaram pela manutenção de preços, após diversas altas registradas em todo o país.

A pesquisa semanal realizada pela Acsurs (Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul) apontou que a média de preços pagos aos produtores independentes ficou em R$ 4,23/kg, assim como na semana anterior. Já para os suinocultores integrados, houve um aumento na média, que passou de R$ 3,02/kg para R$ 3,11/kg. No Paraná, dados divulgados pela APS (Associação Paranaense de Suinocultores) apontam para estabilidade de preços na bolsa de suínos, que está em R$ 4,23/kg.

No final da última semana, Santa Catarina também apresentou aumento na referência do estado, com uma valorização de 6,25%. Com isso, os preços passaram para R$ 4,25/kg. Segundo o presidente da ACCS (Associação Catarinense de Criadores de Suínos), Losivânio de Lorenzi, a semana deve ser de estabilidade, devido aos últimos ganhos no mercado e também pela aproximação da virada do mês.

Segundo a Scot Consultoria, estas últimas valorizações trouxeram melhora na relação de troca na praça paulista, apesar das altas  registradas também no valor da saca de milho - principal insumo utilizada na alimentação. Em Campinas (SP), é possível comprar 9,04 quilos de milho com um quilo de suíno, uma melhora de 7,4% na comparação com o início de setembro.

Exportações

Nesta semana, a divulgação dos números de embarques devem acontecer na quinta-feira (01),  com dados completos para o mês. Na última segunda-feira (21), o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou novos dados de exportações para a carne suína in natura, referente até a terceira semana de setembro (13 dias úteis).

Os embarques chegam a 33,5 mil toneladas, com média diária de 2,6 mil toneladas. Os dados apresentam aumento, tanto em comparação com o mesmo período do ano passado quanto ao desempenho de agosto desde ano.  Em receita, as exportações somam US$ 87,0 milhões, com média de 6,7 milhões.

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo

Tags:
Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário