Publicidade

Na exportação de carne de frango, evolução de preço continua limitada ao frango inteiro

Publicado em 19/05/2021 08:08 86 exibições

Embora tenha sido o único item com queda no volume embarcado (redução de quase 4%, contra aumentos de, 6,40%, 11,18% e 18,08% nos volumes de, respectivamente, cortes, industrializados e carne salgada), o frango inteiro é também o único até aqui a registrar aumento de preço: no primeiro quadrimestre de 2021 valorizou-se 8,63%, enquanto os preços de cortes, industrializados e carne salgada recuaram8,33%, 1,61% e 5,14%.

Porém, no tocante à receita cambial, apenas os cortes de frango – principais formadores da receita do setor – apresentaram redução, de quase 2,5%. Comparativamente ao mesmo período de 2020, a receita cambial do frango inteiro aumentou 4,37%, a dos industrializados 9,38% e da carne de frango salgada pouco mais de 12%.

Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário