Publicidade

IAT entrega à C.Vale licença de instalação para unidade que vai gerar 1.500 empregos na obra

Publicado em 31/05/2021 09:29 376 exibições

O Instituto Água e Terra (IAT), órgão pertencente à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, emitiu a licença de instalação para uma esmagadora de soja da cooperativa C.Vale, de Palotina, no Oeste do Estado. O novo empreendimento vai gerar cerca de 1.500 empregos diretos e indiretos durante as obras de construção e 580 postos de trabalho quando entrar em funcionamento.

O documento foi entregue pelo secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, ao presidente da C.Vale, Alfredo Lang, nesta sexta-feira (28). O encontro seguiu os protocolos para prevenção da Covid-19, com distanciamento social, máscara e álcool em gel.

As indústrias e unidades de produção da C.Vale possuem tratamento de dejetos e ações de proteção ao meio ambiente. “É uma satisfação liberar uma obra para uma cooperativa que, além de cumprir todos os requisitos de sustentabilidade, entrega um produto saudável e ajuda a cuidar do meio ambiente”, disse o secretário Márcio Nunes.

O presidente da cooperativa, Alfredo Lang, destacou que a licença de instalação foi recebida com alegria pelos mais de 800 produtores associados no Paraná. “É o primeiro passo para a realização de um sonho antigo dos nossos associados. Isso nos dá condições de seguir ampliando a produção de peixes, frangos e suínos”, afirmou.

A C.Vale, segundo seus dirigentes, incentiva junto a seus produtores associados ações de cuidados ambientais, como recolhimento de embalagens de agrotóxicos, recuperação de matas ciliares e plantio de árvores para geração de energia limpa e renovável, além de trabalhar com a educação ambiental.  

Publicidade

A própria C.Vale será a maior cliente da esmagadora de soja, que será utilizada para extração de óleo produzido à base de grãos, especialmente da soja e de milho.

A Licença de Instalação foi emitida por intermédio do Escritório Regional do Instituto Água e Terra em Toledo. Com a nova unidade, a cooperativa vislumbra um horizonte que agrega a sustentabilidade, tanto econômica quanto ambiental.

ESTRUTURA – Em todo o País, a C.Vale possui 156 unidades de negócios, mais de 23 mil associados e cerca de 11 mil funcionários. As unidades estão espalhadas pelo Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, além do Paraguai.

O secretário estadual de Administração e da Previdência, Marcel Micheletto, destacou que a C.Vale cresce com planejamento e vai ajudar no desenvolvimento do Estado. “A cooperativa é sinônimo de produção com qualidade e eficiência”, assegurou.

Para o presidente da Federação da Agricultura do Paraná (Faep), Ágide Meneguette, também presente na entrega da Licença de Instalação, a cooperativa é uma referência na produção de proteína animal com sustentabilidade. "Destaca-se na produção de soja, milho, trigo, mandioca, leite, frango, peixe e suínos, além da prestação de serviços", disse.

Fonte:
Agência de Notícias do Paraná

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário