Suínos: quinta-feira (17) de preços firmes para o setor

Publicado em 17/06/2021 16:46 52 exibições

LOGO nalogo

Na quinta-feira (17), os preços no mercado de suínos seguiu firme, com movimentações mais brandas nos preços. De acordo com análise do Cepea/Esalq, os preços do suíno vivo registram intenso movimento de recuperação nesta semana. Segundo levantamento do órgão, o animal vivo negociado no mercado independente se valorizou em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, com aumentos em sete dias chegando a superar os 20% em algumas praças. 

Pesquisadores do Cepea indicam que, além das exportações aquecidas, a competitividade elevada da carne suína no atacado da Grande São Paulo frente às principais substitutas (bovina e frango) aqueceu as vendas domésticas da carne, impulsionando a demanda de frigoríficos por novos lotes de animais.  

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 145,00/R$ 150,00, e houve queda de até 0,86% na carcaça especial, valendo R$ 11,20/R$ 11,50 o quilo.

No caso do animal vivo, conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à quarta-feira (16), os preços ficaram estáveis em Minas Gerais e São Paulo, valendo, respectivamente, R$ 7,49/kg e R$ 7,94/kg.

Houve aumento de 0,74% no Rio Grande do Sul, chegando a R$ 6,85/kg, alta de 0,43% no Paraná, alcançando R$ 7,04/kg e de 0,43% em Santa Catarina, valendo R$ 6,99/kg.

O mercado da suinocultura independente registrou preços em alta ou estáveis nas principais praças produtoras nesta quinta-feira (17) Lideranças vêem o movimento com otimismo, aguardando novos aumentos para as próximas semanas, apoiados por uma relação mais equilibrada entre oferta e demanda.

Leia Mais:

+ Suinocultura independente: mercado se mostra otimista com preços estáveis ou em alta nesta quinta-feira (17)

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário