Paraná continua liderando expansão nas exportações brasileiras de carne de frango

Publicado em 23/05/2022 11:16

Nos primeiros quatro meses de 2022, as exportações de carne de frango do Paraná registraram aumento anual de 8,41%, índice inferior ao alcançado pelos dois estados vizinhos, Santa Catarina e São Paulo, com aumentos de, respectivamente, 8,50% e 34,43%.

O incremento paranaense também ficou muito aquém dos registrados, por exemplo, pela Bahia (+179%), Espírito Santo (+59%) ou, mesmo, Maranhão e Alagoas, ambos com aumento de volume superior a 40%. Pois, mesmo assim, o Paraná foi a Unidade Federativa brasileira que mais contribuiu para o aumento de 8,51% obtido nas exportações brasileiras de carne de frango no quadrimestre inicial de 2022.

Detalhando, os 8,41% de volume adicional exportado pelo Paraná no período corresponderam a quase 50 mil toneladas a mais que nos quatro primeiros meses do ano passado. E esse volume representou cerca de 42% do adicional registrado pelo Brasil no período – pouco mais de 118 mil toneladas ao todo. Outras contribuições, também expressivas mas em menor volume, vieram de Santa Catarina (26,3 mil toneladas a mais), São Paulo (20,6 mil toneladas) e Rio Grande do Sul (20,1 mil toneladas).

No período, um terço das UFs exportadoras (sete entre 21) registrou queda no volume exportado. Mas os retrocessos mais expressivos ocorreram no Centro-Oeste, entre os estados de Mato Grosso (-21,37%) e Goiás (-12,67%). Em conjunto, os dois estados deixaram de exportar quase 15 mil toneladas de carne de frango, desempenho que fez a Região encerrar o quadrimestre com uma queda anual de volume de 3,29%.

Ainda assim, o Centro-Oeste – com 10,61% do total – manteve-se como a segunda principal Região exportadora de carne de frango do Brasil, atrás apenas da Região Sul (praticamente 80% do total) e à frente do Sudeste (9,32% do total).Norte e Nordeste, em conjunto, responderam por menos de meio por cento do total exportado.

Fonte:
Avisite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário