Cotas de importação de grãos e algodão ficam inalteradas na China

Publicado em 09/10/2012 14:54 321 exibições
Em nota divulgada nesta terça-feira (9), a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China anunciou que o governo nãop alterou as cotas de importação com tarifas menores para os grãos e para o algodão no próximo ano. Esses índices se mantêm inalterados desde 2004 e foram definidos durante as negociações para a entrada da China na Organização Mundial do Comércio (OMC). 

Para o trigo, o volume a ser importado com tarifas reduzidas em 2013 ficou em 9,363 milhões de toneladas, e as companhias estatais terão direito a 90% do total. Para o milho, essa cota é de 7,2 milhões de toneladas - sendo 60% para o Estado - e 5,32 milhões de toneladas para o arroz, sendo 50% para as estatais. No caso do algodão, o volume permitido será de 894 mil toneladas, destinando-se 33% do total para as estatais. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário