Preço baixo reduz ânimo do produtor e áreas de plantio do feijão no PR

Publicado em 10/10/2014 08:09 253 exibições

Em algumas propriedades de Castro, região centro-sul do Paraná, a terra já está sendo preparada para o plantio, mas nos barracões ainda tem feijão estocado da safra passada. Só não tem quem pague o valor que os produtores querem.

"Eu, particularmente tenho 3 mil sacos, 180 toneladas de feijão, saldo da safra passada. Está tudo aí, a mercê do mercado. Vamos aguardar um pouco, vamos ver se reage", diz o agricultor Albert Barkema.

Veja a notícia na íntegra no site do Globo Rural

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário